domingo, 23 de abril de 2017

Michele Scarponi

Foto de UVP - Federação Portuguesa de Ciclismo.
A Federação Portuguesa de Ciclismo, profundamente consternada pelo precoce desaparecimento de Michele Scarponi, envia as mais sentidas condolências à família, aos amigos e à equipa Astana.
MM

ÚLTIMA HORA: MICHELE SCARPONI MORRE DURANTE TREINO

ÚLTIMA HORA: MICHELE SCARPONI MORRE DURANTE TREINO
O mundo do ciclismo ficou mais pobre. O italiano Michele Scarponi deixou-nos na manhã deste Sábado após uma carrinha colidir contra ele durante um treino em Itália. O trágico acidente ocorreu num cruzamento perto de sua casa, em Filottrano. Scarponi faleceu assim aos 37 anos, logo quando ia liderar a Astana no Giro após a lesão de Fabio Aru e estava num grande momento de forma, tinha ganho a 1ª etapa do Tour of the Alps recentemente. As nossas condolências aos familiares e amigos de Michele Scarponi.
Foto de Camisola Amarela.
Acaba assim a carreira abruptamente de um ciclista com um currículo invejável. Venceu uma Grande Volta, o Giro de 2011 (depois da desqualificação de Alberto Contador), num ano que foi sem dúvida o melhor da carreira, ganhando também o Tirreno-Adriatico e a Volta a Catalunha. Ainda conseguiu somar ao palmarés 3 vitórias em etapa no Giro. Ao todo somou 19 triunfos e estava a cumprir a 16ª temporada como profissional. Sempre alegre, sempre disponível para entrevistas, era muito acarinhado pelos seus colegas de profissão, como se pode ver pela demonstração global de solidariedade que se gerou. Segundo relatos após o forte impacto, nada havia a fazer, foram logo chamados os serviços de emergência médica, mas o óbito foi declarado no local.
Os melhores resultados da carreira foram quase sempre em Itália, era um homem muito ligado às suas origens e sentia-se bem perto de casa. Deixa a esposa e 2 filhos de tenra idade, ainda ontem mal acabou a prova foi ter com eles.Obrigado por tudo Michele, e descansa em paz!

MM

sábado, 22 de abril de 2017

Nokia Lumia 1020

Quando a Nokia lançou o Lumia 1020, o aparelho chamou a atenção dos consumidores por contar com uma excelente câmara de 41 megapixels capaz de tirar fotos com muita qualidade, principalmente se comparado com outros smartphones.
O aparelho foi lançado há mais de um ano, e de lá para cá diversos avanços foram feitos pelas empresas em seus dispositivos, porém, nada que chegasse aos pés da câmara do Lumia 1020, que continua sendo a melhor do mercado.
Para provar isso, a Microsoft se juntou com a Red Bull e resolveu fazer novas imagens com o aparelho. 
As imagens foram feitas por Vuckovic, especialistas em fotografia. 
Ele registou algumas fotos do atleta Varo Hernandez na sua bicicleta.


As imagens realmente ficaram boas, como podemos ver acima. Isso mostra que o Lumia 1020 continua sendo referência de qualidade quando o assunto são as câmaras que acompanham os smartphones actuais.
MM

Velo bike ckt fantasia menina sexy 2013

Imagem relacionada
Velo bike ckt fantasia menina sexy 2013 hd wallpapers design by tony
https://www.google.pt/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwjohNv1kqnTAhXFUBQKHdRdA78QjhwIBQ&url=https%3A%2F%2Fwww.pinterest.com%2FKabaskal%2Fchopper%2F&psig=AFQjCNGzRqP9kU1OoT6tgb4tmNMmag2_gg&ust=1492437603196986
MM

segunda-feira, 17 de abril de 2017

I Maratona Isuzu Amatoscar


Vem fazer a tua história!!!

Espera-se que no próximo dia 2 de Julho, os trilhos fantásticos da Igrejinha sirvam para escrever uma página de história na vida de todos e cada um dos participantes que aceitem o desafio de participar na I Maratona Isuzu Amatoscar.
Foto de BAT Igrejinha.
2 distâncias:
- Meia Maratona: 35km
- Maratona: 65km

Do que está à espera!? 
Coloque este desafio na agenda e traga a sua família...
MM

The Professional Touch

2009 foi o meu primeiro ano correndo nas grandes ligas. Isso está de volta nos dias de Tour da Califórnia acontecendo em fevereiro, e eu acredito que era a fase quatro, onde eu segui o movimento muito destreza pelo piloto na frente de mim que bateu o deck e eu o mesmo. Foi em um dia frio e imerso, então depois de amaldiçoar um pouco em inglês para conhecer seu italiano (acontece, fomos nos tornar companheiros de equipe e amigos em 2011 no Liquigas), eu voltei a montar, andei talvez mais uns dez minutos agonizando Dor antes que eu sussed fora que meu braço estava quebrado.


Poucos meses depois, ansioso por voltar para a Europa e impressionar a minha nova equipe, fui jogado no mais profundo dos mais profundos pools. Eu toquei na Europa e fui diretamente para Ronde van Drenthe, uma luta dura UCI 1.1 na Holanda, conhecido por começar em um ginásio e corridas literalmente para fora da porta, em seguida, tendo lugar em todo um aterro holandês cênica. De lá, foi diretamente para a semana cheia Ardennes - Amstel, Felche, e Liege. Em seguida foi Romandie que durante o percurso da corrida foi ligeiramente preocupante para mim como eu me perguntava como alguém poderia acelerar e descer os Alpes suíços tão rapidamente durante cinco dias em linha reta, muito menos as três semanas Giro d'Italia eu correu imediatamente depois. Mas julgamento por fogo foi o nome do jogo, e apenas ligeiramente crocante e chamuscado, ganhamos cinco etapas, colocar Carlos Sastre em terceiro geral, então eu consegui sucesso para o outro lado.


O meu companheiro de equipa, em 2008, em Bissell, João Correia, disse que se eu terminar uma grande turnê, ele estaria lá para me felicitar. Em algum lugar em torno da fase 17, ele percebeu que poderia tornar-se uma realidade para que ele prontamente reservado uma viagem de Nova York a Roma.
O último dia do Giro foi um contra-relógio individual em torno dessa cidade antiga. Nós sped em torno do Coliseu e Panteão, cansado e cross-eyed de esforço, e tão espetacular como eu tenho certeza que era eu realmente não ter muito, simplesmente querendo encerrar o trecho mais difícil de corrida que eu já encontrei. Que é um testamento muito próximo de corridas profissionais em geral: viajar o mundo para lugares únicos, exóticos e históricos, mas a velocidade por qualquer enriquecimento histórico em 23 mph para se concentrar na tarefa em mãos. Não fique de pé quando você pode se sentar, não se sentar quando você pode estabelecer ... e não considerar ser um turista e tendo em um pouco de história do mundo, porque isso iria dificultar o desempenho - o mantra de quase todos os ciclistas profissionais de sempre.
Por que cavalgamos? Claro, correr uma moto é para provar algo, para ganhar algo, para ajudar alguém a atravessar a linha em primeiro lugar. Equitação, porém, é uma questão completamente diferente. Feito corretamente, andar é um método para absorver angústia e substituí-lo com prazer. É pedalar para mergulhar no mundo ao seu redor, para compartilhar o tempo com os amigos, e para assumir o estresse não quantificável da vida e stoke o bem-estar emocional de sua alma.
É território único, a vida de um pro ciclista. Wake, café da manhã, passeio, almoço, massagem, jantar, dormir. A realidade de que não é tão pacífica como soa como ele se reuniu com austeridade e abstemiousness. O dia-a-dia é muitas vezes seco e oco, gasto longe de pessoas que você realmente se preocupam, centrada exclusivamente e egoisticamente em ser mais rápido. É um anseio para saciar uma sede insaciável que não importa o quanto você beba não vai embora. (Eu acabei de ter um surto de carvalho venenoso, eu quase chamei isso de coceira insaciável que não vai embora ... por cerca de 2 semanas e então de repente, graças a Deus, ela se foi.)

Eu amei corridas e sou sempre abençoado com a carreira que me deu. Eu me aposentei das corridas de bicicleta por uma dúzia ou mais razões. No final, eu decidi que uma década foi suficiente no fim afiado do esporte, embora eu ainda queria ainda ser capaz de obter a minha moto não para o treinamento ou para o poder através de um intervalo, em vez de andar de bicicleta para o bem de andar de bicicleta. Convenientemente, também significa que você pode terminar um passeio e crack em uma cerveja.
... ou, melhor ainda, alcance para um smack de cerveja no meio do passeio.
Então, o que se você poderia combinar essa vida profissional e colocar um toque romântico sobre ele? E se você pudesse saciar essa sede sem fim, realmente mergulhar no passeio, abraçar a massagem, absorver o ambiente e entrar em profunda conversa com as pessoas ao seu redor. Mais ter uma cerveja no meio do passeio.
Há um tremendo profissionalismo oferecido a alguém que tem visto esta vida com óculos de corrida. Seu saco de lavanderia personalizado é apanhado sujo e deixou cair fora limpo, sua bagagem whisked afastado na manhã e esperando por você no hotel da noite, o rainbag com seu nome inscrito nele esperando no carro se e quando você pode precisar trocar roupas Se você aquecer ou se refrescar, a massagem por conhecer as mãos de alguém que fez massagem dezenas de milhares de vezes em ciclistas profissionais, as setas da estrada fora no curso, a programação do dia para saber todos os detalhes importantes do dia - estes não são detalhes Significou puramente para sua conveniência, eles são diretamente do WorldTour.

Vamos cortar a perseguição, darn ele. eu só
Em: http://www.iamtedking.com/2017/04/the-professional-touch/
MM

VI XCO BTT Monchique

Foto de BTT Monchique Clube.
Mais uma vez o clube BTT Monchique irá organizar o "VI XCO BTT Monchique", que se disputará no Jardim da Vila e Cerro de S. Roque, num circuito maioritáriamente em "single tracK", com descidas e subidas técnicas com pedras e raízes, terá como ponto de partida e chegada o Parque de Feiras num percurso com cerca de 3.5 km, dependendo o numero de voltas do escalão etário ( a partir dos 5 anos - benjamins / pupilos e mais de 60 anos - Masters 60) e sexo. Não haverá classe de promoção, os atletas não federados competirão junto com os atletas de competição de acordo com o escalão etário.
Terceira prova da taça do Algarve de XCO, sob a alçada da Delegação do Algarve da Federação Portuguesa de Ciclismo.
Mais informações: 
www.bttmonchique.com
Inscrições: http://www.fpciclismo.pt/registo_prova.php

Apoios:
Municipio de Monchique
Freguesia de Monchique
Bombeiros Voluntários de Monchique
O Padeiro da Serra - Minimercado
Delegação Algarve da Federação Portuguesa de Ciclismo
MM

domingo, 16 de abril de 2017

Associação dos Ciclistas profissionais está analisando protetores de discos para bikes de estrada

A CPA (Cyclistes Professionnels Associés) postou algumas fotos com opções de protectores de travões a Disco para as bikes de estrada.
Foto: CPA
Foto: CPA
A Associação tem se colocado fortemente contra a introdução dos freios a disco. 
Já ameaçou a processar a UCI caso medidas não fossem tomadas para aumentar a segurança dos freios a disco.
A CPA se apoia em dois incidentes (inverídicos) onde ciclistas afirmaram que foram machucados pelos freios a disco (apesar disso comprovadamente não ter acontecido), para poder pressionar a UCI a tomar medidas de segurança.
As fotos mostras umas protecções (diga-se de passagem, horríveis) para que os discos ficam menos expostos.
MM

Hora de limpeza...

Foto de Pretty Girls On Bike.
Hora de limpeza...
MM

segunda-feira, 10 de abril de 2017

AMAMENTAR EM PÚBLICO.

Resultado de imagem para mulher em bike amamentar


Nem todas as mulheres se sentem confortáveis com esta situação.
Legalmente, pode amamentar em qualquer local mas é evidente que nem todas as mulheres se sentem à vontade com esta situação.
Legalmente, pode amamentar em qualquer local e alguns estados dispõem de leis adicionais que protegem o direito da mulher de amamentar em público. 

É obviamente mais conveniente (e talvez mais higiénico) do que fazê-lo numa casa de banho suja ou no carro. 
Mas é evidente que nem todas as mulheres se sentem à vontade com esta situação. Mostramos-lhe algumas formas de aumentar o seu nível de conforto:
Utilize um fato de duas peças com uma blusa larga que possa ser levantada.

 Isto permite-lhe amamentar o bebé por baixo da blusa e evita ter de abrir os botões desde cima e tirar o peito para fora. 
Os topos de amamentação, concebidos com aberturas discretas e palas podem ajudar a aumentar a sua confiança.
Utilize um soutiã de amamentação com copas amovíveis que pode abrir com uma mão enquanto segura o bebé com a outra.
Tenha em conta a cor e o tecido da sua roupa. 

Uma cor clara é mais susceptível de mostrar o leite que escorre do peito ou os discos de amamentação, e uma blusa de seda ou cetim é mais susceptível de manchar ou ficar estragada com o leite. 
As blusas estampadas ocultam melhor as manchas.
Utilize uma mantinha ou uma fralda de pano para tapar o peito e o tronco enquanto amamenta o bebé, se quiser ficar mais coberta.
MM

domingo, 9 de abril de 2017

Passeio BTT solidario -

Foto de Inês Pereira.
MM

Passeio Familiar de Bicicleta

Foto de SPORT ponto COME.
NO ÂMBITO DAS COMEMORAÇÕES DAS FESTAS DA FREGUESIA DE BARCARENA, O GRUPO DESPORTIVO DE BARCARENA E A ESCOLA DE CICLISMO DE OEIRAS - SPORT PONTO ponto VÃO ORGANIZAR UM PASSEIO DE BICICLETA NA FREGUESIA DE BARCARENA.
O PASSEIO COM CERCA DE 20KM, POR ESTRADA, E PARA TODA A FAMÍLIA VAI SER FEITO COM ANDAMENTO CONDICIONADO E LENTO PARA O GRUPO IR SEMPRE JUNTO.
• 09H00 - CONCENTRAÇÃO NA FÁBRICA DA PÓLVORA DE BARCARENA
• 09H15 - BRIEFING
• 09H30 - INÍCIO DO PASSEIO
• 12H00 - FIM DO PASSEIO

Confirmação: sportpontocome@gmail.com / gdbarcarena@gmail.com
MM

4 Maratona BTT Joaquim Agostinho

4 Maratona BTT Joaquim Agostinho

Mais que um evento uma homenagem


MM

III Passeio BTT Feminino - Penafiel


Terceira edição do Passeio de BTT Feminino, depois de em 2015 e 2016 se ter revelado um sucesso e uma iniciativa com pernas para andar.

Participa e tráz a família, é grátis para acompanhantes masculinos e filhos!

Foto de BTT Kunalama.
MM

6ºraid BTT - Barro . Lagoa de Óbidos . Barro - 14 de maio

A 6.ª edição do Raid Barro – Lagoa de Óbidos – Barro, organizado em parceria pelo Atlético Clube Barroense - ACB e Académico de Torres Vedras - ATV, vai realizar-se a 14 de maio de 2017 integrado no espaço de atividades de lazer das duas associações, na área de BTT.


Foto de ATV - ACADÉMICO DE TORRES VEDRAS.
“Num regresso ao passado”

O objetivo é recuperar antigos percursos de BTT do início dos anos 90, que serviam de pretexto para reunir a família 

Todas as informações e inscrições: http://www.atv.pt/actividades/evento/22/934
MM

6º BTT - Trilhos da Forca

Foto de Ren Ato.
MM

4º Ruta BTT Elvas-Villar del Rey

DE ELVAS A VILLAR DEL REY EM BTT...
Foto de Hobbyzone Bikes.
Algumas considerações:
- Autonomia total (levar abastecimentos sólidos, líquidos, ferramentas, documentos e dinheiro)
- Não é uma prova nem é um treino, é mesmo um PASSEIO.
- Saímos todos juntos e chegamos também todos juntos.
- Concentração em frente à Pousada de Elvas.
- Partida 08h00, com uma tolerância de 10 minutos.
MM

XII RAID ROTA DAS FONTES - ALCANHÕES 2017

XII RAID ROTA DAS FONTES - ALCANHÕES 2017


ALCANHÕES, SANTARÉM


QUANDO?
 28/05 2017
DOMINGO, ÀS 09:00



INSCRIÇÕES ATÉ
24/05 2017
QUARTA, ÀS 23:59
INSCRIÇÃO
€ 10.00
ALMOÇO
€ 6.00
ACOMPANHANTES
€ 8.00


 
MM

sábado, 8 de abril de 2017

ENCONTRE O MELHOR SELIM PARA O SEU ESTILO DE PRÁTICA

ENCONTRE O MELHOR SELIM PARA O SEU ESTILO DE PRÁTICA

Encontre o selim perfeito para si em apenas alguns passos com o SELETOR DE SELIM PRO renovado
INICIAR O SELETOR DE SELIMINICIAR O SELETOR DE SELIM
MM

Francisco Campos foi o melhor luso no Tour de Flandres

Francisco Campos foi o melhor corredor da Equipa Portugal no Tour de Flandres, prova da Taça das Nações de Sub-23, hoje disputada na Bélgica com vitória do irlandês Edward Dunbar. 

O corredor penafidelense foi o 50.º a cortar a linha de chegada, a 4m24s do vencedor. Edward Dubnar fez uma corrida de grande classe, vencendo com 49 segundos de vantagem sobre o grupo perseguidor. O segundo foi o belga Jasper Philipsen e o terceiro foi o francês Jérémy Lecroq. 

A corrida da Equipa Portugal ficou marcada por múltiplos incidentes. André Carvalho furou quando seguia no grupo da dianteira, acabando por atrasar-se na companhia de Gaspar Gonçalves que lhe cedeu a roda. Maia azar ainda teve André Crispim, que caiu e, após a prova, foi transportado ao hospital, devido a uma ferida muito aberta. 

Entre os portugueses, Francisco Campos foi o 50.º, a 4m24s. Marcelo Salvador chegou com o mesmo tempo, no 61.º lugar. César Martingil foi o 95.º, a 8m57s. 

André Carvalho, Gaspar Gonçalves e André Crispim não terminaram.


MM

Primeiro IRONMAN 70.3 em Portugal

O dia 3 de setembro vai ser um dia especial para o triatlo e para Cascais que será literalmente invadida por 2000 participantes na estreia portuguesa do IRONMAN 70.3. Neste momento, a cinco meses da prova, já estão inscritos representantes de 48 nacionalidades na competição que vai desafiar capacidades de resistência física e psicológica nas vertentes de Natação, Ciclismo e Corrida.
O IRONMAN 70.3 vai ter 1900 metros de natação na mais bela baía de Portugal ficando a zona de transição na marina de Cascais. Nos 90,1 quilómetros de ciclismo, os atletas vão percorrer a Avenida Marginal, entram no Autódromo do Estoril e passam no deslumbrante cenário florestal de Sintra regressando a Cascais pela estrada do Guincho. O último sector do triatlo, a Corrida, terá 21,1 quilómetros e será uma das mais bonitas de sempre. Após a saída da marina, o percurso segue ao longo do Paredão, passando pelo casario histórico com palácios e fortalezas de outros tempos, até São Pedro do Estoril, sempre bafejado pela brisa do mar e pelo entusiasmo dos milhares de veraneantes que vão ladear o percurso.
Será uma experiência inesquecível com tudo o que está a ser preparado em Cascais para os atletas, amigos e famílias. Jorge Pereira, diretor da empresa organizadora 3 Iron Sports, considera este evento um ponto de viragem no triatlo nacional. “Depois de duas edições do Cascais Triathlon e de seis anos de trabalho conjunto com o município realizamos um sonho não só nosso, como de milhares de atletas e amantes do desporto nacional e internacional. Portugal tem características únicas para a prática da modalidade e Cascais está na moda, vai ser um evento de enorme dimensão, ocupando uma área de centenas de quilómetros, numa operação logística como nunca existiu no nosso país”. Trata-se de uma iniciativa que vai muito para além da prova desportiva porque, além de beneficiar e divulgar a modalidade, contribui significativamente para expandir o turismo português numa vertente ainda pouco explorada, a do segmento dos grandes eventos desportivos. A organização estima que haverá no concelho de Cascais impactos financeiros de 6 milhões de euros. “Em média, por cada participante no evento, há dois acompanhantes que pernoitam três a quatro noites e que tendencialmente regressam mais tarde ao local da prova com fins turísticos”,  explica Jorge Pereira.
O presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, enaltece o evento desportivo que mobiliza atletas de todo o mundo e que a região “como um dos melhores destinos internacionais para a prática da modalidade, ao mesmo tempo que tem importantes retornos turísticos e económicos para o concelho, tanto no imediato como no médio prazo. Porque quem corre, nada ou pedala em Cascais uma vez, vai voltar outra vez.” Carlos Carreiras relembra ainda que o Ironman 70.3 é “um desafio que tem tudo a ver connosco: resiliência, superação e espírito competitivo são características que definem Cascais e as suas gentes.”
O primeiro IRONMAN 70.3, em Portugal, para além de proporcionar uma experiência única aos participantes vai disponibilizar 50 acessos diretos para participação no Campeonato do Mundo IRONMAN 70.3, no próximo ano. Os 50 melhores atletas, dos diferentes escalões etários a competir em Cascais, terão a oportunidade única de se qualificarem para o maior evento planetário de triatlo que se realiza anualmente.
MM

Rota dos Castelos 2017

Foto de Rui Tobi.

Estão oficialmente abertas as inscrições para a Rota dos Castelos 2017. 
Preço: 75€/participante.
Limite de inscrições: 30 de Junho de 2017 ou quando se atingirem 80 inscritos confirmados.
Informações/Inscrições: http://rotadoscastelosbtt.blogspot.pt/
MM

1.º Passeio de bicicletas antigas - Algoz | Tunes

Foto de Rui Tobi.

Passeio pelo campo entre Algoz e Tunes, de 7 Kilometros. Paragens para degustação de produtos da região. Valorizamos participantes trajados de época (prémio para o mais original).

No dia 15 de Abril teremos uma Ciclo Oficina para colocarmos a sua bicicleta em condições para o passeio.

7 euros p/ participante | 15 euros com almoço (reverte para a recuperação da Ermida Nossa Senhora do Pilar no Algoz)

Inscrições: Café Arcádia, Quinta dos Avós, Restaurante Ribalta ou para o email: amigosdaermida@gmail.com.

Não falte!!! :)
MM

Encuentran un ciclista muerto en medio de una carretera

El 112 recibió una llamada en la que alertaban del hallazgo de un hombre, en estado inconsciente, en la vía.


Un ciclista de 45 años ha sido encontrado, este jueves, muerto en una carretera de Vilaflor, al sur de la Isla de Tenerife. 
El 112 recibió una alerta en la que se alertaba de la localización de un varón inconsciente, que parecía haber tenido un accidente, en la vía.
El Centro Coordinador de Emergencias 112 recibió a las 13:22 horas un aviso sobre la localización de un ciclista en estado inconsciente que parecía haber sufrido un accidente en el kilómetro 13 de la carretera TF-51, en Los Quemados. El hombre, de 45 años, había fallecido por causas que aún se desconocen.
El personal sanitario del Servicio de Urgencias Canario (SUC) desplazado al lugar confirmó el fallecimiento de la víctima. La Guardia Civil se ha hecho cargo de instruir las diligencias judiciales.
Em: http://canariasenhora.com/#!/encuentran-un-ciclista-muerto-en-medio-de-una-carretera
MM

Ciclistas protestam contra possível uso obrigatório de capacetes

A manifestação em defesa da bicicleta começou às 10h00 no Terreiro do Paço.
Ciclistas protestam contra possível uso obrigatório de capacetes
A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta protesta hoje, em Lisboa, contra o uso obrigatório de capacetes, previsto no Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária, mas o Governo já admitiu não avançar com a medida. 
A manifestação em defesa da bicicleta, que começa às 10:00 no Terreiro do Paço, e terá um minuto de silêncio pela morte de Mário Soares, que era membro honorário da federação, pretende juntar utilizadores de bicicleta em protesto contra algumas das medidas previstas no novo Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária (PENSE 2020), cuja consulta pública termina hoje. 
Em causa está a obrigatoriedade do uso do capacete pelos ciclistas, considerando os organizadores do protesto "um evidente desincentivo ao uso da bicicleta para curtas deslocações e a baixa velocidade". 
A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta considera que "os utilizadores de bicicleta devem poder optar livremente e em consciência em função do percurso e da sua própria perceção do perigo, quanto à necessidade ou não do uso do capacete". 
Entretanto, o Governo já esclareceu que esta medida está apenas em estudo, podendo nem ter "pernas para andar".
 "Estamos a estudar isso com calma", admito que "seja uma das medidas que não terá grandes consequências nem irá ter pernas para andar", disse o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes. 
O PENSE 2020 recebeu mais de três centenas de propostas de alteração, quer de cidadãos em nome individual quer de organizações que trabalham na área da segurança rodoviária, que vão ser analisadas e eventualmente integradas no documento, que irá depois a Conselho de Ministros, segundo o secretário de Estado. 
Pretende-se, acrescentou Jorge Gomes, estudar se o uso do capacete terá algum efeito positivo. 
Questionado se este protesto não tem razão de ser, o secretário de Estado desvalorizou a questão, afirmando que a manifestação mostra que os cidadãos estão a ler as propostas e que os contributos são bons. 
A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta considera também que o PENSE 2020 "contém medidas incoerentes e incongruentes" na perspetiva da sustentabilidade das cidades, porque "demonstra desinteresse pelas medidas de intervenção ao nível do desenho e adaptação do espaço urbano". 

Além disso, "marginaliza um meio de transporte não poluente com vantagens evidentes para a saúde pública" e "contribui para uma visão excessivamente centrada no automóvel".


MM

Ciclistas também arriscam a carta Infrações com bicicletas dão multas e perda de pontos na carta de veículos a motor.

As regras são simples: um ciclista que, por exemplo, passe um sinal vermelho ou ignore um sinal de STOP arrisca-se a ficar sem a carta de condução. E, se não for encartado, perde o meio de transporte. Fica sem bicicleta. A Defesa do Consumidor apoia e diz que se trata de medidas punitivas corretas, de forma a respeitar o Código da Estrada. O valor das multas aplicadas aos ciclistas será inferior em relação às infrações cometidas por um condutor. Os danos causados por uma bicicleta, na via, são menos graves. Concretamente, um ciclista que não respeite um sinal de STOP sujeita-se a uma coima entre os 99,76 e os 374,10 euros. É este o preço de uma contraordenação muito grave e não fica por aqui: os infratores podem ainda ficar inibidos de conduzir veículos a motor durante dois meses ou dois anos. E perdem ainda 4 pontos na carta. As contraordenações graves pesam menos na carteira: variam entre os 24,94 e os 124,70 euros e dão inibição de conduzir até um ano. Dão direito à perda de 2 pontos na carta. Tal como com os condutores, ao fim de três anos sem contraordenações ou crimes, ganham três pontos.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/ciclistas-tambem-arriscam-a-carta
MM

MARATONA BTT PIRANHAS DO ALQUEVA

MARATONA BTT PIRANHAS DO ALQUEVA


REGUENGOS DE MONSARAZ, ÉVORA


QUANDO?
 04/06 2017
DOMINGO, ÀS 09:00



INSCRIÇÕES ATÉ
24/05 2017
QUARTA, ÀS 23:59
INSCRIÇÃO
€ 12.00
ALMOÇO
€ 9.00
ACOMPANHANTES
€ 11.00


 

MM