sexta-feira, 15 de julho de 2016

Auto-estradas para bicicletas são aposta no norte da Europa

Auto-estradas para bicicletas2 site
As auto-estradas para bicicletas deverão tornar-se, num prazo de três anos, a forma mais rápida e segura de milhares de pessoas chegarem ao emprego nos quatro países do Norte e Centro da Europa que criaram uma estrutura comum para se candidatarem a fundos comunitários e promoverem aquele meio de transporte.
Ao todo são nove os parceiros da Alemanha, Bélgica, Holanda e Reino Unido que irão trabalhar em conjunto para desenvolver e aplicar soluções inovadoras que tornarão as auto-estradas para velocípedes mais atrativas, confortáveis seguras e de fácil utilização, de acordo com uma nota da Federação Europeia de Ciclistas (ECF, na sigla inglesa).
Essas estruturas viárias destinadas a ciclistas podem ter extensões médias ou longas e estão livres de obstáculos ou pontos de paragem obrigatório, pelo que permitem aos utilizadores de bicicleta chegar mais rápido ao destino.
Para além de promoverem um transporte sustentável e não poluente, as ciclovias com perfil de auto-estrada, quando usadas com recursos a bicicletas elétricas (híbridas), apresentam-se como uma alternativa viável às deslocações em automóvel de maior extensão.
O projeto transnacional designa-se Cycle Highways for smarter People Transport and Spatial Planning (CHIPS).
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.