sexta-feira, 30 de outubro de 2015

IM 70.3 Miami.


IM 70.3 Miami: Michael Raelert vence e Santiago Ascenço é 3º!


michi_realert_galerie_1
 
No Ironman 70.3 Miami, disputado nos Estados Unidos com mais de 500 brasileiros – entre profissionais e amadores – na disputa, o grade campeão na categoria foi o alemão Michael Raelert (foto acima).
Raelert fez grande prova de recuperação na meia maratona para ultrapassar o líder no ciclismo, o americano e máquina de pedalar Andrew Starykowicz, que fez o absurdo tempo de 1:56:11 para 90km, com média de 46,4km/h. Michael saiu quase um minuto à frente de Andrew na natação de 1.9km, não teve como segurá-lo no pedal, mas deu o troco na corrida, fazendo a bela parcial de 1:17:46 e total de 3:43:23. Andrew chegou em 2º, pouco mais de dois minutos depois do alemão. Em 3º veio o brasileiro Santiago Ascenço, cravando 1:16:46 nos 21km (melhor parcial do dia, com pace médio de 3’39”/km) e cruzando em 3:48:47, com grande prova, crescendo durante toda a competição. Oscar Galindez fez boa prova e foi o 7º colocado. Felipe Manente foi o 14º e Edmilson Pereira o 15º e Vinicius Canhedo o 18º colocado.
Entre as mulheres, a americana Sarah Haskins venceu a prova, em 4:12:57, seguida pela britânica Leanda Cave, que chegou quase seis minutos depois. Em 3º lugar veio a austríaca Michaela Herbauer. Carla Moreno, que agora vai focar nas provas de longas distâncias, foi a 10ª colocada.
Sarah Haskins, campeã do Ironman 70.3 Miami 2015
Sarah Haskins, campeã do Ironman 70.3 Miami 2015.

MM

Ironman 70.3 Los Cabos: Dia de Francisco Serrano e Magali Tisseyre!

Ironman 70.3 Los Cabos: Dia de Francisco Serrano e Magali Tisseyre!
No Ironman 70.3 Los Cabos disputado hoje, no México, os campeões foram o atleta da casa Francisco Serrano e a canadense Magali Tisseyre.
Serrano, que é ídolo local, fechou a prova em 4:02:46, com parciais de 26:23 na natação de 1.9km, 2:14:47 nos 90km de ciclismo e 1:19:07 nos 21km. O 2º colocado foi o ucraniano James Hadley, um minuto depois do mexicano. A 3ª colocação ficou com o Cody Beals, do Canadá.
Na categoria feminina a campeã foi a canadense Magali Tisseyre, que fez grande prova e de quebra ainda chegou na 13ª colocação geral, com o tempo de 4:24:28.
MM

Challenge Bahrain foi cancelada.

challenge
A “Challenge Family” anunciou que a edição de 2015 do Challenge Bahrain foi cancelada.
A prova seria realizada no próximo dia 20 de novembro.
A justificativa principal é devida a questões sobre a autorização de segurança do tráfego rodoviário para a prova.
O Gerente Geral da prova, Mikel Calahorra, disse: “Nós gostaríamos de agradecer a todos por seu apoio contínuo. Trabalhamos duro por muitos meses para entregar uma prova excepcional, que seguiria o legado de 2014.
Estamos comprometidos em entregar os triathlons da mais alta qualidade sobre as melhores e mais seguras percursos.
À luz das questões de licenciamento, não fomos capazes de fazer isso para o Challenge Bahrain 2015 e sentimos que era do interesse dos atletas então cancelar a prova.”
Todos os atletas inscritos foram contactados diretamente no que diz respeito às restituições à taxa de inscrição, mas certamente haverá duras críticas daqueles que já pagou para voos e hotéis para a corrida.
A prova substituta ainda não foi anunciada, pois a do Bahrain seria a grande final da milionária Tríplice coroa, evento que ofereceria US $ 1 milhão em prêmios aos profissionais.
MM

SPECIALIZED

Espera-nos o Inverno, chuva, lama... mas nada pode afetar a tua volta!
Defroster estrada: http://bit.ly/1XyJzrc
Defroster montanha: http://bit.ly/1kRGkwX
Foto de Specialized Portugal.
Foto de Specialized Portugal.


MM

1ª Rota dos Ganhões.

Foto de Sobe e Desce Team Estremoz.

Boas pessoal, O btt vai voltar ao festival gastronómico Cozinha dos Ganhões, em breve vamos abrir as inscrições para a 1ª Rota dos Ganhões.
Será um evento em d...uplas 100% guiado por GPS onde serão apenas cronometrados os tempos entre alguns chekpoints dos 5 existentes no percurso.
A partida será entre as 8h e 9h da manhã (vocês escolhem a hora de partida) de dia 29 de Novembro.
Limitado a 50 duplas.
inscrições em breve em www.sobedesceteam.com mediante donativo de 12€ por dupla.
MM

1º Trofeu BTT Inter-Freguesias

Troféu de BTT Inter-Freguesias dos Ases do Pedal
1ª Prova - União das Freguesias da Sé e S. Lourenço
Local Prova - Terrenos anexos ao Campo da Feira
Encerramento das inscrições - 24H00 29-10-2015...
Banhos e lavagem de bicicletas - Balneários do Polivalente do Bairro dos Assentos
Circuito: 3600 mts de extensão com 60 mts desnivel acumulado.
09H00 - Abertura do Circuito
09H45 - Encerramento do circuito
10H00 - Inicio da Prova
12H00 - Final da Prova
12H25 - Encerramento do controlo
13H00 - Lanche de grelhados (oferta Freguesia Da Sé SLourenço) e entrega dos Prémios na Sede dos Ases do Pedal

Ver mais
Foto de Manuel Vilela.
Foto de Manuel Vilela.
Foto de Manuel Vilela.


MM

KROSS VI

A KROSS TransAlp desperta o turista que existe em si!
(Disponível em várias cores p/ homem e senhora)
Foto de Kross Bikes Portugal.
Foto de Kross Bikes Portugal.

MM

KROSS V


é uma surpresa ver o excelente design e acabamento ainda melhor. A Level R4 pode até constranger as marcas mais fortes no mercado dentro do mesmo segmento!". A Kross Level R4 esteve em ensaio no portal da revista Croata Biciklistički Magazin!
> http://goo.gl/tdFvrB
Foto de Kross Bikes Portugal.


MM

KROSS IV

O portal Polaco Rowery650B Złoty środek MTB (bicicletas650b), realizou um ensaio à bicicleta de senhora Kross Lea F6!
Logo na estreia, a "rider" completou 42km e elogiou muito o conforto e ergonomia do quadro!
Foto de Kross Bikes Portugal.
MM

KROSS III

Satine & Lea: são as bicicletas de senhora KROSS!
Disponíveis a partir de 339€
Foto de Kross Bikes Portugal.


MM

KROSS II

A KROSS Bikes Portugal celebra com a comunidade GeocachingPT uma parceria que só pode dar bom resultados! A comunidade de geocacher's Portuguesa têm, a partir de agora, bons motivos para pedalar!
A marca polaca Kross Bikes - comercializada em Portugal pela empresa Castanheira & Castanheira, Lda - estabeleceu uma parceria com a maior…
propedalar.com
MM

KROSS


KROSS Vento 2.0: inicia-te no ciclismo com uma bicicleta de primeira linha com componentes completos Shimano Road e relação qualidade/preço muito equilibrada: PVP 674,99€
Conhece-a em detalhe numa loja oficial Kross Bike Portugal.
Foto de Kross Bikes Portugal.
MM

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

IX edição do Raid BTtralhos.

O BTtralhos irá realizar a 25 de Outubro a sua IX edição do Raid BTtralhos, fica feito o convite para todos os que se queiram juntar num grande dia de BTT em ambiente de festa. Consultem tudo em http://www.bttralhos.net
raid_web1


MM

Opticalia em Lisboa.

MM

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

RECAMBIOS ANTOLIN.

liquidacion.jpg




En cumplimiento de la normativa vigente en materia de Servicios de la Sociedad de la Información y de Comercio Electrónico y de Protección de Datos de Carácter Personal, le comunicamos que sus datos de carácter personal forman parte de una base de datos gestionada bajo nuestra responsabilidad con la finalidad de mantener las relaciones comerciales y/o contractuales e informarle de novedades y ofertas relacionadas con nuestra actividad., sea por su condición de cliente, porque nos haya solicitado información comercial en algún momento o porque sus datos figuren en fuentes accesibles al público.

Es nuestra intención evitar el envío de correos no solicitado, por lo que si no desea seguir recibiendo este tipo de comunicaciones, podrá oponerse con la simple notificación de su voluntad, así como ejercitar sus derechos de acceso, rectificación, cancelación y oposición ante el responsable: RECAMBIOS ANTOLIN SL, en AV RICARDO CARAPETO ZAMBRANO, 27, 06008, de BADAJOZ, con teléfono 924250176, o a través del siguiente correo electrónico: rosa@recambiosantolin.com.

Este correo electrónico y cualquier archivo transmitido con él son confidenciales y contienen información sometida a secreto profesional o cuya divulgación está expresamente prohibida por la Ley. Este correo se dirige exclusivamente a su destinatario. Si lo ha recibido por error, le rogamos que nos lo comunique inmediatamente por esta misma vía  y proceda a su destrucción. El uso no autorizado de este mail y sus ficheros adjuntos está estrictamente prohibido. (Gracias ).


M.M.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Pneu de poliester.

A empresa sul-coreana Tannus, de gerência familiar e com um pé na indústria de calçados, desenvolveu o que eles dizem ser o fim dos problemas de pneus furados.
Um pneu inteiramente sólido, feito com um composto de poliéster que leva um nome bastante forte, Aither –o nome da divindade grega que personifica o puro-. O material é composto por minúsculas bolinhas de ar, cada uma com aproximadamente 10 micrômetros de largura, em uma malha robusta de construção de muros de proteção. Fazendo uma analogia, o material é parecido com um favo de mel, ou seja, se algumas bolinhas são estouradas, diferentemente do que acontece nos pneus pneumáticos, o restante do material não é atingido.
Pneus sólidos sempre foram um sonho de muitos ciclistas, mas por serem muito pesados, fracos e muito vulneráveis ao calor nunca conseguiram ganhar mercado. Maciek Karlowski, Gerente-Técnico da Tannus na Europa, admite que sua nova tecnologia não supera o desempenho dos pneus tradicionais, mas que já é capaz de oferecer conforto e segurança para todos os ciclistas que não aguentam mais empecilhos em suas pedaladas por conta de furos nos pneus. E brinca que se a pessoa não for informada nem percebe a diferença no desempenho, de tão ínfima que ela é.
Este levou dez anos para ser desenvolvido plenamente. Em testes de laboratório o desempenho de Tannus foi surpreendente e a diminuição do material só aconteceu depois de 5.000 km, sendo de 1 milímetro. Por isso, a empresa acredita que eles durem para além dos 10.000 km rodados. Vale lembrar que os novos pneus da Tannus ainda não são adequados para montanhas ou Ciclismo Artístico, dentre outros desporto.
Aither é um material bastante leve, com praticamente o mesmo peso do pneu de borracha mais seu tubo interno, sendo assim, sua bicicleta não ficará mais pesada com os novos pares de sapato.O produto está disponível online no site da Tannus.
Renata Falzoni já ensinou, aqui no Bike é legal, como fazer um pneu "vegano" para resolver o problema, de maneira paliativa, dos pneus furados.


M.M.

domingo, 18 de outubro de 2015

A&E estreou em setembro, “Be Bike“.

A&E estreia, em exclusivo, a partir do dia 17 de setembro, pelas 21h55, “Be Bike“.
“Be Bike“, a série de seis episódios que acompanha o quotidiano da loja oficina Barceloneta Bikes, situada em pleno coração do bairro de Barceloneta, um dos mais carismáticos de Barcelona.
Tony, Xavi, Pablo e Gibril, quatro apaixonados por bicicletas que, desde sempre, dedicaram a vida às duas rodas, formam a equipa. Gostam de concretizar os sonhos de cada cliente no que toca às bicicletas, mesmo que se trate de uma tarefa muito complicada.

© A&E
Em “Be Bike” assistiremos a montagens personalizadas feitas de raiz, reparações e restauros soberbos em bicicletas “fixies”, de estrada, de montanha, de carga ou até de bicicletas clássicas, para além de ficarmos a par das histórias dos seus proprietários. Pela primeira vez, um canal de televisão acompanha o trabalho de uma equipa especializada em restauração e customização de bicicletas, para descobrir como se fabricam estas peças únicas.

M.M.

sábado, 17 de outubro de 2015

26º TRÓIA – SAGRES em BTT 12-12-2015


26º TRÓIA – SAGRES em BTT  12-12-2015

barco

O Tróia-Sagres não é uma Organização da Ciclonatur, nem é uma organização sequer. É tão sómente o resultado de um convite que faço aos meus amigos para virem comigo fazer esta ligação por estrada de BTT e ajudarem-me a levar por diante esta minha obstinação anual.
O Percurso do Tróia-Sagres são 200 Kms medidos com um GPS.A bicicleta a utilizar é uma BTT, de 1 ou mais lugares, caracterizada como tal por apresentar: guiador de BTT e apoios no quadro para cantilevers ou travão de disco. Tudo o restante é da livre escolha de cada um.

* Partida de Tróia às 8:00
* O horário dos barcos em Setúbal que viabilizam este timing são: 6:15 e 7:15
* Cada pessoa deve procurar encaixar-se num grupo que à partida se proponha a rolar a uma média que esteja ao seu alcance.
* As partidas são feitas segundo a vontade de cada grupo já constituído, bastando apenas fixar a hora a que estão a partir.
* As partidas devem ser feitas espaçadas e não devem os grupos rolar juntos mantendo sempre uma distância razoável entre eles de forma a possibilitar o bom desenvolvimento do trânsito nas estradas, que embora não principais têm algum movimento neste fim de semana.
* Aconselha-se que os grupos mais lentos partam primeiro.* Habitualmente fazemos 2 paragens de cerca de 5 minutos cada para abastecimento. A primeira cerca do Km 71 junto ao cruzamento para S. Torpes em frente à Central Termo-eléctrica de Sines e a segunda na povoação do Rogil no café o Pão do Rogil, ao Km 146. No entanto cada grupo pode escolher fazer as paragens que quiser com a duração que quiser.
* O objectivo é chegar antes do Sol posto que por esta altura será cerca das 17h.
* Para fins estatísticos o tempo que normalmente contabilizamos é o tempo a andar, portanto as paragens não contam.
* Os carros de assistência não devem andar em marcha lenta atrás dos grupos mas sim deslocarem-se por etapas de cerca de 20 Kms cada esperando até que o seu ciclista ou grupo passe e alguns minutos depois arrancar de novo, ultrapassar o grupo de novo e parar uns quilómetros mais à frente, repetindo sempre esta tarefa. Próximo do Rogil e se assim o entender é de boa estratégia que o carro de assistência em antecipação prepare os cafés ou outras bebidas ou comidas no café O Pão do Rogil para quando o grupo chegar ter tudo preparado.
* Os carros de assistência devem tentar não perturbar o trânsito nas estradas e encostar sempre em local retraído na berma da estrada.
* Para quem tem GPS o traçado do percurso está disponível na nossa página de GPS


A história do Tróia - Sagres
Quando fiz 40 anos, o que aqui entre nós, não foi assim há tanto tempo, estabeleci para mim próprio um teste anual para contrariar a sensação de velho que minhas filhas já adultas me faziam sentir.Tinha de ser um teste duro e dificilmente ao meu alcance. Como por essa altura fazia atletismo de fundo e sobretudo ultramaratonas, não fazia muito sentido estabelecer objectivos no desporto para o qual estava bem treinado. Daí pensei na bicicleta que era algo que não praticava com regularidade.Em cada Natal, com a reunião de toda a família, ficamos particularmente mais sensível ao tema da velhice e nesse mesmo ano de 1990 decidi que a viagem que invariavelmente fazia a Sagres para passar o fim de ano com a família passaria a fazê-la de bicicleta todos os anos até que pudesse. Este era o teste, ir de Tróia a Sagres de bicicleta num só dia e chegar antes de anoitecer.Ora se por um lado com a minha devoção ao BTT, o que aconteceu logo no ano a seguir, isso tornou o objectivo a alcançar menos duro e fácil de conseguir, por outro lado a mudança da hora de Inverno para um hora mais cedo veio a tornar as coisas mais complicadas.Nesse 1º ano de 1990 levei 10 horas e 25 minutos a chegar a Sagres depois de muito suor e lágrimas. Em 2003 no entanto gastei apenas 6 horas e 12 minutos.Vários são os factores que podem contribuir positivamente para tornar a viagem mais: fácil: Ir em grupo, o tempo colaborar, não haver vento de frente, a boa alimentação nos dias anteriores, dormir suficientemente nas noites anteriores, comer um farto pequeno almoço no dia, e ter um carro de assistência.Felizmente todos os anos há uns quantos amigos que respondem afirmativamente ao meu convite para me acompanharem nesta loucura o que torna a viagem mais agradável e o convívio ao jantar nesse dia transforma-se num dos bons momento da minha vida.
A tomada de tempo na chegada a Sagres é feita na placa toponímia de entrada na vila e a concentração depois da chegada é junto ao Posto de Turismo de Sagres.

O dia da viagem

grupo.jpg
Baseado na experiência dos anos anteriores começo em Tróia por preparar a sandes que vou comer na 1º paragem e deixar na Assistência, encher o Camel-Bak de água até à 1º paragem e enfiar uma barra energética atrás na blusa. Durante todo este tempo mantenho-me bastante agasalhado por causa do frio. A seguir faço uns bons exercícios de aquecimento das articulações e procuro isolar-me por uns momentos para entrar descontraidamente no espírito do que vou fazer a seguir. Dou algumas instruções ao meu grupo de como vamos progredir em grupo, isto é; Vamos sempre em fila indiana cabendo a cada um a tarefa de puxar à frente durante 2 Kms se não houver vento de frente e 1 Km se o vento soprar de Sul com pouca intensidade, se o vento for muito forte encurta-se ainda mais o espaço que cada um puxa à frente.A rotação faz-se por "queda" para trás do que vai na frente.
Procuramos rolar durante os primeiros 10 minutos a uma velocidade inferior a 30 Kms/h (sem vento) e a partir daí vamos progressivamente aumentando o ritmo durante os 20 minutos seguintes de forma a que nos fixemos numa velocidade de rolamento média de 35/38 Kms/h (nas zonas planas) até ao final em Sagres.
O percurso que faço é sempre o mesmo todos os anos e ano após ano tenho assistido a um progressivo melhoramento do piso das estradas o que também contribui para uma melhor e mais cómoda viagem
O percurso
- Saída de Tróia na rotunda à saída dos ferry.- Passagem por Comporta, Torre e Carvalhal- Virar à direita para MELIDES no entroncamento cerca de 1 km depois do Carvalhal.- Passagem por Pinheiro da Cruz e Melides- Virar à direita para Santo André/Sines no entroncamento a seguir- Em ALDEIA DE BRESCOS virar à esquerda para SINES- Passagem pela Cidade Nova de Santo André, entrar na via rápida para Sines e na rotunda perto de Sines seguir em frente na direcção do Algarve. - Junto a Sines não seguir para Sines e virar à esquerda na direcção do Cercal. - Passagem junto à central Termo-eléctrica (aqui faço a 1º paragem de 5 minutos para abastecimento).- Virar à direita para PORTO COVO no entroncamento mais à frente. - Virar à esquerda na direcção ALGARVE no entroncamento a seguir.- Virar à esquerda na direcção ALGARVE no 2º entroncamento a seguir.- Passagem por Foros de Pouca Farinha, vale de Mouro e Ribeira da Azenha.- Virar à direita nas Brunheiras na direcção de Vila Nova de Milfontes.- Passagem sobre a ponte do rio Mira junto a Milfontes e uns bons quilómetros mais à frente- Sair para a direita na direcção do CABO SARDÃO,- Virar para a esquerda na direcção de Fataca no entroncamento a seguir.- Passagem por Fataca, cruzamento de Daroeira e Malavado.- Virar à esquerda na direcção de S. Teotónio no entroncamento a seguir- Virar à direita na direcção de Lagos no entroncamento ao chegar a S. Teotónio. - Passagem por Baiona, Odeceixe, Maria Vinagre, Rogil (aqui faço a 2º paragem para abastecimento no café O PÃO DO ROGIL onde em antecipação já mandei o meu carro de assistência pedir para preparar um chá quente e uma tosta mista) e Aljezur. - Virar à direita na direcção de SAGRES no entrocamento mais à frente onde se larga a estrada principal que vai para Lagos.- Passagem por Alfombras, Bordeira, Carrapateira e Vila do Bispo. - Em Vila do Bispo tomar a via rápida para Sagres.- Chegada a Sagres, na 1º rotunda sair à esquerda na direcção do centro da vila. Na 2º rotunda junto à Praça da República, seguir em frente pela esquerda na direcção da Baleeira. - Como habitualmente este ano a paragem faz-se junto ao Posto de Turismo em frente à Praia da Mareta.
ALOJAMENTO EM SAGRES.
O Hotel MEMMO BALEEIRA***** é o hotel parceiro da Ciclonatur e este ano oferece condições muito especiais para os participantes. Clique no link a seguir e faça as suas reservas. 
https://secure.guestcentric.net/api/bg/book.php?nrNights=1&;startDay=2012-12-15&preselect=promo183&apikey=5da59352d0165309628564a5724fcb30
Obrigado pela vossa companhia, camaradagem e encorajamento.
Os números da história do Tróia-Sagres em BTT
1996.jpg
Participações melhor tempo
1990 - Sozinho - 10h 25m
1991 - 2 loucos (acabo sozinho) - 9h 45m
1992 - Sozinho - 8h 36m
1993 - Sozinho - 8h 15m
1994 - 2 loucos (acabamos 2) - 8h 02m
1995 - 2 loucos (acabo sozinho) - 8h 05m
1996 - 8 loucos (acabam 7) - 7h 23m
1997 - 18 destemidos, 2 loucas mulheres (acabam 10 e as 2 mulheres) - 6h 38m
1998 - 40 destemidos, 4 loucas mulheres (acabam 39, incl. 4 mulheres) - 6h 32m
1999 - 48 destemidos (acabaram 32 ) - 7h 02m
2000 - 57 destemidos, 1 destemida mulher (acabaram 52, incl a mulher) - 6h 23m
2001 - 63 destemidos, 1 mulher (acabaram muitos e a corajosa mulher) - 6h 42m nota: Todos os tempos apontados foram realizados pelo grupo em que eu me inseria excepto em 2001, que fiz 6h 55m
2002 - 165 participantes, algumas mulheres, (acabaram mais de 90%), melhor tempo que constitue novo record: 6h 04m. Bati o meu record pessoal e fiz 6h 17m.
2003 – 334 participantes, muitas mulheres,  (acabaram muitos), melhor tempo é de 5h 56m. Bati de novo o meu record que passa a ser de 6h 12m.
2004 – 220 participantes, algumas mulheres (acabaram quase todos), melhor tempo é de novo record e passa a ser de 5h 25m. Fui em passeio este ano e fiz 6h 52m.
2005 – Cerca de 350 participantes, muitas mulheres. Quase todos acabaram, alguns a altas horas da noite. Este ano fiz 6h 16m
tandem.jpg2006 – Cerca de 500 participantes.
2007 – Cerca de 500 participantes
2008 – Cerca de 600 participantes à partida em Tróia, mas devido ao temporal que se fez sentir todo o dia, só cerca de 150 chegaram ao fim. Devido a uma teimosa gripe e à consequente pioria da mesma durante o evento, pela primeira em 19 anos do Tróia Sagres não consegui completar, tendo ficado pelo km 140. Febre e arrepios de frio ditaram a minha sorte daquele dia.

2009 - Cerca de 740 partiram de Tróia num dia muito ameno e perfeito para o evento. Foi o 20ª Tróia-Sagres, e tenho muitos amigos a pedalar comigo. A convalescer de uma lesão no joelho, este ano demorei 7h 20m a chegar a Sagres. Muito ajudado por um grupo de velhos amigos que formaram uma parede na minha frente durante todo o caminho. Obrigado André, Bruno, José Carlos, Borrego, Cláudio, Suzana e Diogo.

2010 - Cerca de 1200 à partida de Tróia (Alguns a partirem mais à frente na Comporta). Uma grande festa por essas estradas do Sul do país. Com esta dimensão de participação, num evento que não é uma organização, é impossível de saber exactamente quantos partiram e quantos chegaram. Mas, obrigado a todos os que me acompanharam este ano e tornaram esta minha obstinação de ligar Tróia a Sagres de bicicleta todos os anos por altura do Natal, um dia inesquecível onde não pude esconder a emoção ao ver tanta gente animada do mesmo espírito, o espírito da superação pessoal, do mais puro antivedetismo e da mais simples e sincera vontade de pedalar horas a fio. OBRIGADO a todos.
Pela primeira vez num Tróia-Sagres furei logo ao km 20 e só consegui arranjar uma roda de substituição ao km 105. Mesmo assim adorei cada quilometro dos que fiz.

2011 - Cerca de....(mais que muitos). Muitos mais que no ano anterior. Impossível de contar. Saí pelas 7:30 e nas rectas desde Tróia à Comporta via na minha frente filas compactas de ciclistas que ainda de noite se fizeram à estrada. Nunca poderia alguma vez ter imaginado, há 20 anos atrás, no que o meu Tróia-Sagres se viria a tornar. Uma autentica e expontanea festa do ciclismo nacional na sua forma mais livre e descomprometida que nesta altura do ano preenche as estradas da costa para sul e que congrega gentes de todas as idades e classes sociais. Sem qualquer pretenciosismo, sem qualquer organização, sem qualquer cobertura mediática, sem qualquer ambição, com a harmonia de um caos organizado,  o Tróia-Sagres tornou-se a maior CLÁSSICA do ciclismo nacional. Orgulho-me de ter sido o embrião deste acontecimento e enquanto puder tudo farei para zelar pela sua continuidade com esta sua fórmula que sempre se baseou num passeio de amigos ao fim de semana. UM GRANDE OBRIGADO a todos os meus velhos e novos amigos.
Este ano tive a alegria de ter por companhia durante os priemiros 100 kms, a minha companheira de sempre, a Berta, de quem me despedi em Milfontes para fazer sózinho, os restantes kms até Sagres. Terminei exactamente ao sol-posto, missão cumprida.

2012 - Já não é possível ter uma contagem acertada... . Estima-se que estivessem à partida em Tróia mais de 2000 pessoas com o objectivo de pedalar até Sagres apesar da ameaça de chuva. Este ano com a motivante companhia da Berta saí às 5 da manhã afim de garantir que cumpriria a promessa de chegar a Sagres antes do sol se pôr. E conseguimos, estavamos em Sagres às 16:30.Ano após ano o Tróia-Sagres é cada vez mais uma afirmação de competência de tantos que treinam afincadamente para este objectivo. Para quem gosta de pedalar fazer o Tróia-Sagres é a meta a atingir, a maturidade no ciclismo, o reconhecimento, a auto-motivação e acima de tudo o saborear do momento de glória ao avistar a placa de Sagres depois de pedalar horas a fio na incerteza de conseguir.
A festa do ciclismo esteve uma vez mais na estrada, colorindo o dia cinzento deste sábado 15 de Dezembro. UM GRANDE OBRIGADO a todos que vieram e também aos  que gostariam de ter vindo mas que as previsões metereológicas para o dia se lhes mostaram adversas e porconseguinte alteraram os planos.
Foi bom ver tantos dos meus amigos passarem por nós pelo caminho. Este ano sim tive oportunidade de ver muitos e rever alguns do antigamente. Agradeço ainda á forma bem mais cívica com que a maioria dos acompanhantes nos carros de apoio se comportaram nas estradas e ao apoio e moralização que foram dando a quem pedalava.
Em termos de records não sei se alguém fez melhor que os 5h 25' do José Salgueiro numa BTT em 2004. Mas há outros records que ficam para a posteridade, este ano o record de idade masculino fixa-se nos 72 anos e o feminino nos 64 anos.
Mas o maior record este ano é meu, e expressa-se nos cerca de 2000 obrigados que dei a todos os que me acompanharam.
2013 - Deixou de ser possível saber quantos participam no Tróia-Sagres. A percepção que todos tivemos foi que esteve muito mais gente que no ano passado. Uns falavam no dobro, outros até mais do dobro. Sabem que mais, acho que já não é mais importante saber quantos. Posso é afirmar que depois que começamos a ser ultrapassados em Vila Nova de Milfontes, não mais tivemos um momento que não houvesse grupos de ciclistas em constante frenesim de ultrapassagem.
Este ano partimos pelas 5 da manhã num grupo de 4, eu a Berta, o Pedro e a Irene, sempre com o objectivo de chegar a Sagres antes do sol-posto. Afinal Eu e a Berta até chegámos pelas 15:35. Foi um grande feito para a Berta. Em 1997 com 49 anos tinha feito o Tróia-Sagres em 9h 45m de pedal, este ano com 65 anos de idade e mais 8 quilos fez em 9h 51m. Parabéns.
As bicicletas de estrada são cada vez em maior número e na minha melhor estimativa já ultrapassam os 90%. Embora não respeitem o espirito do evento, fico-lhes também muito grato por me virem fazer companhia. Não é importante como se vem, o importante é estar, viver o acontecimento, fazer parte e contagiar outros com a vivência dos momentos nos relatos que se fazem.
O São Pedro foi nosso amigo este ano e brindou-nos com um dia espetacular onde até o frio fez uma trégua. O vento soprou moderado de Este e não perturbou por aí além.
É claro que um múmero tão avassalador de participantes e de carros de assistência, as estradas começam a ficar estreitas para todos. Sinceramente a nós ninguém nos perturbou e tudo foi fluido à nossa volta. Há lugar para todos se todos se comportarem com civismo e se o espirito que os anime for o de convivio, participação descomprometida, alegria e festa.
Passem a mensagem aos vossos amigos, contagiem-os deste espirito e se para 2014 formos o dobro, não será pela pequenez das estradas que a festa não venha a acontecer.
Obrigado a todos..................não sabia que tinha tantos amigos!!!!.
2014 - Na impossibilidade de contar o número de participantes, estimou-se que este ano estariam um pouco menos que em 2013, mas mesmo assim superando largamente as 2000 pessoas. Suficientes para que a festa, o festival de cores nas estradas e a aúrea de alegria que são constantes do Troia-Sagres estivessem presentes e contagiassem todos os que deixaram os lençois ainda bem escuro de madrugada para pedalar ou acompanhar os que pedalaram até ao extremo sudoeste do continente.
Este ano sem companhia femenina (a Berta não treinou o suficiente porque esteve 4 meses parada devido a uma vertigem prolongada provavelmente causada por um virus que apanhou na Indónesia onde fomos pedalar nas férias), arranjei um mini grupo formado pelo Zé Vaz e o Tiago. partimos antes das 8, fomos nas calmas mas num ritmo certo e chegámos a Sagres em cerca de 7h 25'.
Agradeço a todos os velhos amigos que fui encontrando pelo caminho terem aparecido uma vez mais, e aos outros amigos que não conhecia e que sabe-se lá porquê e a mando de quem resolveram vir fustigar o corpo neste dia frio de Dezembro.  Um grande abraço para todos e fica desde já aqui o convite para virem comigo outra vez em 2015 se Deus quiser.


MM

Troia - Sagres 2015.




A data para este ano 2015 é sábado 12 de Dezembro.


MM

Granfondo da Arrábida veio para ficar.

ciclismo
Cerca de seis centenas de ciclistas, de sete nacionalidades, partiram do Castelo de Palmela e percorreram as ruas do Centro Histórico de Palmela e as estradas da Arrábida no passado domingo, dia 11 de Outubro, dando vida àquela que foi a 1.ª Granfondo da Arrábida.
A enorme adesão registada na primeira edição desta prova demonstra o elevado número de pessoas que, cada vez mais, em Portugal, pratica o ciclismo de estrada e procura, nestas provas, a superação individual, bem como um momento de convívio para descobrir novos locais e paisagens.
O tempo chuvoso não prejudicou a realização da prova e os participantes manifestaram a sua satisfação, destacando a dureza do percurso e, simultaneamente, a sua grande beleza.
A par da Granfondo, prova de distância longa, com um percurso de 140 quilómetros de extensão e um desnível acumulado positivo de 2500 metros, decorreu, em paralelo, a Mediofondo, prova de distância média, com 100 quilómetros e desnível acumulado de 1500 metros.
Promovido pela Lima e Limão Cycling Services, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela, da Federação Portuguesa de Ciclismo e da Associação de Ciclismo de Setúbal, este evento desportivo correspondeu às expetativas da organização e dos ciclistas participantes, sublinhando a tradição do ciclismo de estrada no concelho de Palmela e o seu potencial para o turismo de natureza, e contribuindo para posicionar a região e a iniciativa como referências internacionais junto dos amantes da modalidade.

A Granfondo veio para ficar e, em 2016, Palmela deverá acolher a segunda edição.


Classificações:
Granfondo
Geral Masculina

1.º João Mariano
2.º Nelson Lopes
3.º António Ferreira

Geral Feminina
1.ª Ana Antunes
2.ª Filomena Paulo

Mediofondo
Geral Masculina

1.º Fábio Gerardo
2.º Luis Cordeiro
3.º Filipe Madeira

Geral Feminina
1.ª Ana Azenha
2.ª Sofia Brites
3.ª Márcia Perrone



MM

Gémeos Oliveira estreiam-se no Europeu de Elite.

ciclismo
Ivo Oliveira e Rui Oliveira participam pela primeira vez no Campeonato da Europa de Pista para a categoria de elite, de 15 a 18 de outubro, em Grenchen, Suíça.
Aos 19 anos, na época de estreia na categoria em sub-23, o duo da Seleção Nacional/Liberty Seguros compete na categoria superior.
A falta de experiência entre a elite é o grande desafio a ultrapassar pelos dois medalhados do ciclismo de pista português, cujo objetivo para esta estreia ao mais alto nível passa por conquistar experiência e abrir portas para competições futuras.
“Os nossos atletas estão a preparar-se para evoluírem com vista ao futuro.
Neste Europeu participam para ganhar experiencia competitiva na categoria de elite, tentando pontuar o melhor possível nas disciplinas não olímpicas, com vista a qualificação para o Campeonato do Mundo, designadamente na perseguição individual e na corrida por pontos”, revela o selecionador nacional, Gabriel Mendes.
Ivo Oliveira vai competir em scratch, corrida por pontos, perseguição individual e eliminação.
 Rui Oliveira alinha em Omnium. Os dois, em equipa, disputam a disciplina de madison.
Só Ivo Oliveira corre no dia 15, primeira jornada com portugueses.
Vai discutir a prova de scratch, ao início da noite.
O Campeonato da Europa de Pista pode ser visto em Portugal através da Eurosport e da Eurosport 2. No dia 15, o canal paneuropeu vai transmitir entre as 10h30 e as 12h30 e entre as 18h00 e as 21h30.


MM

Ivo Oliveira 12.º em scratch no Europeu de elite.

ciclismo
O português Ivo Oliveira iniciou ontem, em Grenchen, Suíça, a participação no Campeonato da Europa de Pista para a categoria de elite, alcançando o 12.º lugar na prova de scratch, ganha pelo espanhol Sebastián Mora.
A corrida de 15 quilómetros acabou por não se decidir ao sprint, uma vez que o espanhol Sebastián Mora revelou uma enorme superioridade sobre toda a concorrência, ganhando duas voltas ao pelotão principal, no qual se manteve Ivo Oliveira.
O segundo classificado, a uma volta, foi o suíço Tristan Marguet e o terceiro, também a uma volta foi o polaco Adrian Teklinski.
A prova decorreu a um ritmo sempre muito elevado, o que resultou numa média de 54,254 km/h. Apesar da velocidade e de estar a estrear-se, ainda sub-23 de primeiro ano num Europeu de elite, Ivo Oliveira superou as expectativas, alcançando o 12.º posto entre 23 participantes.
Ivo Oliveira e Rui Oliveira estarão em pista nesta sexta-feira.
Ivo vai disputar a final direta da corrida por pontos, cerca das 19h20.
Rui Oliveira inicia a participação no omnium, correndo as três primeiras provas pontuáveis: scratch (11h30), perseguição individual (12h30) e eliminação (21h00).


MM

XCR CIDADE DE FÁTIMA 2015.

XCR CIDADE DE FÁTIMA 2015
3H / 2H Resistência BTT

Viva!
Já está em marcha a preparação de mais uma edição da Resistência BTT organizada pelo FÁTIMA BTT CLUB, contando com a experiencia e excelência de serviço em controlo de tempos da empresa TRILHO PERDIDO!
Nesta edição, além das habituais 3 Horas de prova, decidimos também realizar 2 Horas destinadas aos escalões mais jovens (Juniores Masculinos e Femininos).


DATA:
08 de novembro de 2015 | 10:00h-13:00h

...
LOCAL:
FÁTIMA – No centro da cidade de Fátima (parques Sul do Santuário de Fátima).


 PROGRAMA:
Domingo - 08 de Novembro de 2015
08:00h - Abertura do Secretariado
09:30h – Encerramento do Secretariado
09:30h – Abertura do Controlo 0 / Concentração dos Atletas no ponto de partida
09:55h - Briefing
10:00h - Partida
13:00h - Final da prova
13:30h - Entrega de Prémios


VALOR DA INSCRIÇÃO:
12,50€ (preço único)

A inscrição inclui:
- Participação no evento
- Frontal
- Controlo de Tempos por empresa especializada
- Seguro
- Brindes diversos
- Ponto de Águas e Reforço de Sólidos durante a prova, em zona própria para o efeito
- Lavagem de bicicleta
- Banhos
- Almoço (sopa da pedra, bifana e bebida)

INSCRIÇÕES:
Inscrições em:
www.trilhoperdido.com
Mais informações em:
trilhoperdido@gmail.com
ou
967 409 151

DIVERSOS:
- As inscrições são limitadas a 200 participantes.
- Data limite das inscrições: 6 de Novembro de 2015 às 23:59h inscrições no própiro dia, acresce 2€
- Idade mínima de inscrição: 12 anos (Obrigatório Termo de Responsabilidade do Encarregado de Educação para menores de 18 anos)
- Só serão atribuídos nº de dorsal após confirmação de pagamento da inscrição.

SECRETARIADO:
No local da prova. Horário conforme definido no programa.

PROVA/PERCURSO:
A prova desenvolve-se em circuito fechado com cerca de 5,5 Km, dentro da Cidade de Fátima.
O traçado e perfil altimétrico do percurso serão revelados oportunamente.


PRÉMIOS e TROFÉUS:
Serão atribuídos os seguintes troféus:

3 HORAS RESISTÊNCIA (GERAL MASCULINOS)
- 1º Classificado: Troféu
- 2º Classificado: Troféu
- 3º Classificado: Troféu
- 4º Classificado: Diploma
- 5º Classificado: Diploma


3 HORAS RESISTÊNCIA (GERAL FEMININOS)
- 1ª Classificada: Troféu
- 2ª Classificada: Troféu
- 3ª Classificada: Troféu
- 4º Classificado: Diploma
- 5º Classificado: Diploma

3 HORAS RESISTÊNCIA (MELHOR EQUIPA - consultar regulamento)
- 1ª Classificada: Troféu
- 2ª Classificada: Troféu
- 3ª Classificada: Troféu
- 4º Classificado: Diploma
- 5º Classificado: Diploma

3 HORAS RESISTÊNCIA (Restantes Escalões)
- 1º Classificado: Medalha
- 2º Classificado: Medalha
- 3º Classificado: Medalha
- 4º Classificado: Diploma
- 5º Classificado: Diploma

2 HORAS RESISTÊNCIA (Juniores Masculinos)
- 1º Classificado: Medalha
- 2º Classificado: Medalha
- 3º Classificado: Medalha
- 4º Classificado: Diploma
- 5º Classificado: Diploma

2 HORAS RESISTÊNCIA (Juniores Femininos)
- 1º Classificado: Medalha
- 2º Classificado: Medalha
- 3º Classificado: Medalha
- 4º Classificado: Diploma
- 5º Classificado: Diploma


DEFINIÇÃO DE ESCALÕES:

2 HORAS RESISTÊNCIA
Juniores Masculinos – dos 12 aos 18 anos
Juniores Femininos – dos 12 aos 18 anos

3 HORAS RESISTÊNCIA
Sub-23 – dos 19 aos 22 anos
Elites – dos 23 aos 29 anos
Masters A – dos 30 aos 39 anos
Masters B – dos 40 aos 49 anos
Masters C – dos 50 anos em diante
Senhoras – dos 19 anos em diante


COMUNICADO DA DIRECÇÃO:
Devido a problemas relacionados com a cedência de alguns espaços que pretendíamos para a realização da nossa resistência, bem como alguns problemas de comunicação com a Câmara Municipal de Ourém, somos obrigados a alterar a data da prova para o dia 08 novembro de 2015, sendo que o resto dos horários mantêm-se. Na impossibilidade de estarem presentes nesse dia, basta indicar um nib que o Fatima BTT Clube fará a devolução do dinheiro.

Pedimos desculpa pelo incómodo.

Saudações,

Ricardo Silva
Presidente Fátima BTT Clube.
MM

TERENA 25 de Outubro.


MM

IV SOLDUATLO - Ciência e desporto!!!


Que tal uma corrida e uma volta de bicicleta, pelo Sistema Solar à Escala de Estremoz!!!
Mais informações em: http://www.ccvestremoz.uevora.pt/home/index.php?txt=info&codtopico=6&item=79#/127

IV SOLDUATLO - Ciência e desporto!!!

MM

ROTA DAS LINHAS DE TORRES EM BTT.

ROTA DAS LINHAS DE TORRES EM BTT.


http://rotalinhastorresbtt.weebly.com/

A 2ª edição da Rota das Linhas de Torres em BTT irá percorrer a 1º linha defensiva num percurso circular, com saída em Sobral de Monte Agraço , passagem por e Arruda dos Vinhos e cidade de Torres Vedras regresso a Sobral de Monte Agraço . O percurso proporcionará uma visita histórica uma vez que irá inevitavelmente, passar pelos seguintes locais:

Forte de S. Vicente

Forte da Carvalha

Forte do Alqueidão
...
Quartel General Wellington

Centro Interpretativo da Serra do Socorro

Forte da Archeira

Forte de Catefica

Todos os locais estrategicamente construídos, onde a vista alcança as paisagens mais belas da região onde estão inseridos.

A vertente do turismo é bastante relevante, uma vez que promover uma região é dar a conhecer toda a sua beleza , gastronomia, história, costumes....e o carinho e simpatia do seu povo.

MM

RODA EVEREST CSS.

RODA EVEREST CSS
Para ganhar ou perder uma competição basta 1 segundo, pensando nisso o sistema CSS (Cassete Smart Spin ) foi desenvolvido.
É um Sistema inteligente onde as travas de geram a tração na bicicleta funcionam de forma que elas se fecham quando o atleta para de pedalar, gerando assim zero de atrito no corpo da cassete em relação ao cubo.
A grande vantagem deste sistema é o maior ganho de desempenho gerado por não ter atrito ganhando mais velocidade.
Foto de Jó Bike.


MM

A Colombian women's cycling team.

Colombia's IDRD-Bogota Humana-San Mateo-Solgar riders show off their new uniforms; the team have defended the flesh-coloured strip amid criticisim that it is indecent


http://www.dailymail.co.uk/news/article-2760647/As-woman-I-wouldnt-ashamed-kind-design-Colombian-womens-cycling-team-refuse-stop-wearing-bizarre-flesh-coloured-kit.HTML


MM

III Tour Castmonte 2015.





MM

Évora Granfondo na Festibike.

O Évora Granfondo tem o prazer de vos convidar, a partir de amanhã, na Festibike, a visitar o nosso stand.

  Inscrições para o Évora Granfondo em
www.evoragranfondo.com

MM

1º Trofeu BTT freguesias.

1ª Prova - União das Freguesias da Sé e S. Lourenço - 01-NOV-2015
Local Prova - Terrenos anexos ao Campo da Feira
Encerramento das inscrições - 24H00 29-10-2015...
Banhos e lavagem de bicicletas - Balneários do Polivalente do Bairro dos Assentos
Circuito: 3600 mts de extensão com 60 mts desnivel acumulado.
Abertura do Circuito - 09H00
Encerramento do circuito - 09H45
Inicio da Prova - 10H00
Final da Prova - 12H00
Encerramento do controlo - 12H25
Entrega dos Prémios e publicação das classificações - 12H30
MM

Conselho.


ENQUANTO HOUVER UM CAMINHO A SEGUIR NÃO DESISTA PERSISTA ,
TENHA PERSEVERANÇA EM ALMEJAR SEU DESTINO E SEJA FELIZ...
BOA TARDE.


MM

Bruno Rosa vence prova de resistência.

Ciclista Bruno Rosa vence prova de resistência Madrid-Lisboa.
O ciclista português Bruno Rosa venceu a terceira edição da Madrid-Lisboa, prova de resistência em bicicleta de montanha, considerada a mais dura do mundo, com um total de 770 quilómetros sem paragens.


Bruno Rosa completou a corrida, que terminou no Parque das Nações, em Lisboa, em 40:31.23 horas, marca que supera o tempo registado pelo vencedor em 2014, o espanhol Luis Pasamontes (42:43.47).
O português terminou a prova com mais de uma hora de vantagem sobre o segundo classificado, o espanhol Miquel Silvestre Iniesta, cronometrado em 41:50.54.
Esta corrida de resistência, disputada em bicicleta de montanha, tem o tempo máximo de 55 horas, pelo que não há direito a paragens.
MM

Jornal Record. "Os mais rápidos".

Os mais rápidos"
Meninas 5Quinas/Município de Albufeira em destaque no Jornal Record pela participação no granfondo Skyroad - Lousã
In: Jornal Record. "Os mais rápidos". Skyroad. Domingo, 21 de Setembro (2015), Página central
Foto de Equipa Feminina 5Quinas / Municipio de Albufeira.


MM

Visite o Stand 5 Quinas, no Festibike.


Começou o maior certame nacional de bicicletas: o Festival Bike em Santarém.
Para o efeito produzimos uma edição especial do nosso calendário!
Venha até ao Stand 5Quinas e certamente será recebido(a) por um dos nossos simpáticos sorrisos.
Mais informamos que sábado, pelas 15h, poderá conversar e tirar fotos com algumas das nossas atletas. Apareçam!
Foto de Equipa Feminina 5Quinas / Municipio de Albufeira.
Foto de Equipa Feminina 5Quinas / Municipio de Albufeira.

MM