quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Onde vale a pena gastar mais dinheiro.

 Na bike de estrada ou na Mountain Bike?
Logicamente que esse tópico é voltado para pessoas que praticam ambas as modalidades. Se você pratica ciclismo de estrada e Mountain Bike e só tem grana para ter uma bike melhor, em qual das duas vale a penas investir mais dinheiro.
Esse assunto foi abordado em duas conversas que tive com pessoas diferentes esse final de semana e resolvi escreve um pouco sobre o tópico.
Trek_Super_Fly_SL-1
Se você pratica MTB e ciclismo de estrada com frequência, tirando algumas excepções, sempre vale mais a pena gastar mais dinheiro com a Mountain Bike do que com a bike de estrada. Isso porque o equipamento é muito mais exigido no MTB do que no ciclismo de estrada.
Um bom freio, uma boa suspensão, um bom pneu fazem ma diferença enorme no MTB, pois as condições de uso não muito mais extremas e mais exigentes.
Quem não pratica o MTB, não tem muita noção disso, mas, por exemplo, é brutal a diferença entre um pneu bom e um pneu ruim de MTB, no ciclismo de estrada, essa diferença não é tão gritante.
Specialized_Venge_ViAS_2016-20
No ciclismo de estrada, as maiorias dos ganhos advindos de melhores equipamentos são marginais, A diferença entre um grupo 105 e um grupo Dura-Ace, por exemplo, são praticamente imperceptíveis. E o 105 custa 1/3 do Dura-Ace. E a sua bike de estrada não vai ficar MUITO mais pesada, nem ter nenhum tipo de perda significativa se você a montar com componentes intermediários.
Já o MTB, como a quantidade de componentes é maior e os grupos melhores são todos muito mais leves, uma bike bem montada tem um peso bem inferior além dos componentes oferecerem uma performance realmente melhor.
RockShox_RS_1-6
Suspensão, por exemplo, é um componente que faz MUITA diferença no MTB, melhor leitura de terreno, melhor retorno, se ela tem ou não trava remota, controle inteligente, peso. Tudo isso não fatores fazem uma diferença muito grande e geralmente os modelos mais simples não possuem. Já um garfo de ciclismo de estrada não tem praticamente variação nenhuma, a não ser aerodinâmica e peso.
Freios, como outro exemplo, já que as bikes de estrada ainda não estão autorizadas a utilizar freios a disco, a diferença entre os freios intermediários e melhores é muito pequena. Já no MTB, a modulação, controle de aquecimento e potência de travagem são muito importantes e os freios melhores oferecem uma condição de uso bem melhor.
Foto: Shimano
Foto: Shimano
O grupo da bike passa por condições de lama, impacto, trepidação, trancos e uma série de condições que geralmente não existem no ciclismo de estrada, o que também faz com que os melhores grupos tenham uma melhor capacidade de não desregular e de superar melhor essas condições.
Uma coisa que faz muita diferença nas bikes de estrada, é o formato do quadro, geometria e etc. Bikes aero ou bike feitas para subida oferecem muita diferença quando são utilizadas para os seus respectivos fins, mas a maioria das marcas oferece bikes intermediárias com os formatos desejados, então, você não precisa comprar o melhor quadro para ter esse benefício.
Então… Existem outros exemplos e situações que justifiquem você gastar mais dinheiro com a MTB do que com a bike de estrada. A não ser que seu foco seja muito voltado para as competições de ciclismo de estrada, a relação custo benefício de ter uma MTB bem montada é bem maior do que ter uma Speed bem montada.
“Ah, Henrique, então você está dizendo que não vale a pena gastar dinheiro com Speed?”, Não! Não estou dizendo isso. Estou dizendo que se você tiver que escolher em qual bike investir, no MTB você terá um retorno de performance maior se você gastar mais dinheiro. Mas existem sim ganhos com os melhores equipamentos de ciclismo de estrada, mas no MTB eles são maiores.

MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.