domingo, 7 de junho de 2015

As top de estrada III.

O projeto inicialmente foi chamado de F01, antes do lançamento, a Scott resolveu colocar mais um L na equação. A F01L, com a estilização da escrita e a referencia a Airfoil (aerofólio em inglês), veio do batismo de Foil.
A Scott diz ter resolvido o problema das bicicletas Aero, que sempre lutam com a questão de quanto de rigidez e peso terão que sacrificar, para beneficiar a aerodinâmica. De acordo com a Scott, nenhum sacrifício precisa ser feito. A Foil é tão rígida e leve quanto a Scott Addict, bicicleta top de linha da Scott, porém é uma bicicleta Aero. Qual foi o segredo?

Virtual Foil


A resposta veio através de Simon Smart da Smart Aero Technology, ex-engenheiro da F1, desenvolvedor de um dos últimos sucessos da Scott, a bicicleta de Contra-Relógio Plasma 3. Simon gastou mais de 100 horas no túnel de vento da Mercedes (o mesmo que a Specilized utilizou no projeto da Venge McLaren), testando o melhor formato do quadro, para atingir os resultados esperados.

Fluxo de Ar


O resultado foi o formato de aerofólio virtual. Virtual porque o formato de aerofólio não é completo, mas cortado no meio (vejam a imagem acima), porém, a parte frontal do frontal do quadro, que se choca com o vento, provoca uma separação do fluxo de ar, que diminui a resistência e a turbulência, melhorando a performance da bicicleta. Esse formato faz com que em um olhar rápido, a Foil nem se pareça com uma Aero.
Esse formato permite que o quadro seja mais largo, ou seja, pode ser mais rígido e leve. O quadro da Foil pesa 840g, somente 40 gramas mais pesada que a Addict e possui a mesma rigidez que a irmã, só que também possui a mesma aerodinâmica que as concorrentes Felt AR1 e Cervélo S3, que clamam economizar 20 watts de potência ao pedalar a 40 km/h, em relação a quadros convencionais.

Resultados
Rigidez


A rigidez da bicicleta é semelhante as melhores do mercado.

Aerodinâmica



Em testes no túnel de vento, a bicicleta teve excelentes resultados. Na simulação com o manequim de ciclista, com um grau de inclinação 0?, a Foil se mostrou bem mais aerodinâmica do que suas concorrentes a uma velocidade de 45km/h.

A Proporção Perfeita

A Foil conseguiu a relação ideal entre peso, rigidez e aerodinâmica. O gráfico acima mostra que a bicicleta conseguiu atingir altos níveis de rigidez, mesmo sendo uma bicicleta aero.

Análise pela Bike Radar
A Bike Radar fez uma avaliação sobre a bike. O veredicto dos testes, mostrou que a bicicleta é extremamente leve, rígida e rápida. Porém não é tão arisca como suas concorrentes, para realização de manobras bruscas e rápidas, é necessário um leve empenho a mais do que nas suas concorrentes AR1 e S3, que são mais ariscas.

Ela vem com:
A Scott Foil bem com as seguintes configurações:

Shimano Dura-Ace DI2
Rodas Zipp 404
Mesa Ritchey
Canote de Selim Ritchey
Conduites por dentro do quadro
Banco Fi’zi:k Arione CX
MM











Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.