terça-feira, 23 de setembro de 2014

Eis o Equinócio de Outono:

Google doodle assinala o início da estação.
Às 3h29 em Portugal Continental, deu-se o Equinócio de Outono, efeméride assinalada com um google doodle, nesta terça-feira, no início da estação. O outono aparece disfarçado de inverno, com chuvas, e sucede a um verão primaveril. Saiba o que é o Equinócio de Outono, que marca o adeus à primavera.

Começou o outono, depois do equinócio que se deu às 3h29 desta terça-feira. São 89 dias da nova estação, num calendário meteorológico que em 2014 tem pouco de rigoroso. Com efeito, a um verão primaveril sucede um outono disfarçado de inverno, com chuvas e queda de temperaturas.
Até ao dia 21 de dezembro, data do Solstício de Inverno, será outono, não obstante os registos de temperaturas do verão que termina nos obrigarem a ter uma única certeza: a grande imagem de marca do outono – a queda das folhas das árvores – não depende de devaneios da meteorologia.
O Equinócio de Outono é assinalado com um google doodle, nesta terça-feira, que representa a entrada da estação.
Árvores de folha seca despem-se, formando nos seus galhos a palavra “Google”. É a arte da Google ao serviço da ciência e da recriação.
Os equinócios ocorrem nos meses de setembro e de março e definem mudanças de estação. Em setembro, dá-se o Equinócio de Outono, que marca o começo do outono no hemisfério norte e a primavera no hemisfério sul.
Em março, ocorre o inverso: o equinócio marca o início da primavera no hemisfério norte e do outono no hemisfério sul.
  
Em causa está o alinhamento da Terra em relação ao Sol. E o começo do outono difere todos os anos porque o Planeta Azul não é um círculo perfeito, o que impede um movimento de rotação sempre igual.

Todos esses fatores levam a ajustamentos no eixo de rotação do planeta, que se reflete na hora de início de todas as estações. Com o outono, os dias vão passar gradualmente a ser mais curtos, fenómeno que terminará com o Equinócio da Primavera.
A palavra “equinócio” provém do Latim, juntando as palavras “aequus”, que quer dizer “igual”, e “nox”, que significa “noite”. Pode traduzir-se como “noites iguais”, numa alusão ao facto de o dia e a noite durarem exatamente o mesmo período de tempo.
Na astronomia, este fenómeno resume-se ao instante em que o Sol, na sua órbita aparente (vista da Terra), atravessa a linha do equador terrestre.
No primeiro dia de outono, e de acordo com a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o céu estará muito nublado, o vento vai soprar fraco, sendo que podem ocorrer aguaceiros fortes e até trovoadas.

Ontem, em Lisboa, na despedida da estação, as chuvas fortes inundaram algumas artérias (veja alguns vídeos), com os bombeiros a serem chamados a inúmeras ocorrências. Ninguém diria que estávamos no verão...
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.