quarta-feira, 18 de junho de 2014

Maior rota ibérica em BTT vai ligar o Tejo da nascente à foz.

A rota ribeirinha Transibérica em Bicicleta Todo o Terreno (BTT), que vai ligar o Tejo da nascente à foz, num percurso de 1.210 quilómetros, é validada em "edição piloto" que com...eça no domingo, informou hoje a organização.
A plataforma associativa luso-espanhola Tajo/Tejo Vivo, composta por 18 associações ibéricas, projetou e desenhou o percurso ribeirinho numa lógica de "promoção e afirmação do rio Tejo, enquanto destino turístico",
através de uma "estratégia concertada de aproveitamento e promoção dos recursos dos territórios abrangidos" pela nova rota.

"É a maior rota ribeirinha conhecida na Península Ibérica", disse hoje
Pedro Saraiva, técnico coordenador da Tagus - Associação de Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, uma das entidades portuguesas envolvidas no projeto.

O percurso, através de antigos caminhos rurais e estradas secundárias, foi dividido em 13 etapas, uma por dia, numa média de 100 quilómetros diários, entre domingo e o dia 27 deste mês, e onde "o Tejo estará sempre presente", salientou.

O trajeto é composto por vários "single tracks", estando dividido em 13 etapas. Os participantes, orientados por GPS, seguirão em semi-autonomia e terão até 12 horas para realizar cada etapa.

O objetivo deste ano da "Transibérica em BTT Tejo Vivo" é "validar o modelo e ajustar o percurso numa edição piloto", tendo apenas quatro ciclistas convidados para realizar o percurso integral, a que se poderão juntar, nas diversas etapas, outros amantes do rio e da modalidade.

O projeto das associações luso-espanholas pretende, sublinhou Pedro Saraiva, combater o êxodo rural, estimular a fixação da população e acrescentar quantidade e qualidade na oferta turística.

"A ideia é criar uma rota turística integradora, numa temática que tem mercado no âmbito do desporto natureza e aventura e numa lógica de criação de novos fatores que sejam indutores de desenvolvimento, valorização e...

Foto: Maior rota ibérica em BTT vai ligar o Tejo da nascente à foz

A rota ribeirinha Transibérica em Bicicleta Todo o Terreno (BTT), que vai ligar o Tejo da nascente à foz, num percurso de 1.210 quilómetros, é validada em "edição piloto" que começa no domingo, informou hoje a organização.
A plataforma associativa luso-espanhola Tajo/Tejo Vivo, composta por 18 associações ibéricas, projetou e desenhou o percurso ribeirinho numa lógica de "promoção e afirmação do rio Tejo, enquanto destino turístico", 
através de uma "estratégia concertada de aproveitamento e promoção dos recursos dos territórios abrangidos" pela nova rota. 

"É a maior rota ribeirinha conhecida na Península Ibérica", disse hoje 
Pedro Saraiva, técnico coordenador da Tagus - Associação de Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, uma das entidades portuguesas envolvidas no projeto. 

O percurso, através de antigos caminhos rurais e estradas secundárias, foi dividido em 13 etapas, uma por dia, numa média de 100 quilómetros diários, entre domingo e o dia 27 deste mês, e onde "o Tejo estará sempre presente", salientou. 

O trajeto é composto por vários "single tracks", estando dividido em 13 etapas. Os participantes, orientados por GPS, seguirão em semi-autonomia e terão até 12 horas para realizar cada etapa. 

O objetivo deste ano da "Transibérica em BTT Tejo Vivo" é "validar o modelo e ajustar o percurso numa edição piloto", tendo apenas quatro ciclistas convidados para realizar o percurso integral, a que se poderão juntar, nas diversas etapas, outros amantes do rio e da modalidade. 

O projeto das associações luso-espanholas pretende, sublinhou Pedro Saraiva, combater o êxodo rural, estimular a fixação da população e acrescentar quantidade e qualidade na oferta turística. 

"A ideia é criar uma rota turística integradora, numa temática que tem mercado no âmbito do desporto natureza e aventura e numa lógica de criação de novos fatores que sejam indutores de desenvolvimento, valorização e...

MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.