sexta-feira, 31 de maio de 2013

Specialized S-works Epic 29er “Neon Red” Edição Limitada.

Querem uma Specialized S-works Epic 29er "Neon Red", só 250 em todo o mundo!

Specialized vai lançar a Specialized S-works Epic 29er "Neon Red" – Edição Limitada

Esta bike é nada mais nada menos do que a bicicleta utilizada por Jaroslav Kulhavy quando ganhou o ouro nas Olimpíadas de 2012.

A bike é uma Full Suspension aro 29 e virá equipada com o novíssimo grupo da SRAM o XX1. Somente 250 bikes deste modelo serão produzidas, em todo o mundo.

Esta é a bike que ele recebeu da Specialized depois de vencer a medalha de ouro nas Olimpiadas, vejam só o espectáculo de bike.

Fotos:

MM

Amor & Odio.


 Duas belas maneiras de apelidar/ personalizar as manetes da bike.

MM

III PASSEIO BTT NOTURNO DE ARRONCHES.


MM

II Passeio Cicloturismo de Monforte.

 Realiza-se dia 09 de Junho de 2013, o II Passeio Cicloturismo de Monforte.

MM

Os resultados finais da maratona de Vila do Conde.

 TAÇA DE PORTUGAL XCM #4 – Vila do Conde
Depois de muita polémica, a UVP-FPC publicou ontem os resultados…
Embora a UVP-FPC não tenha manifestado qualquer opinião oficial acerca do que se passou em Vila do Conde no passado domingo na maratona, hoje foram divulgadas as classificações finais, com os atletas que não terminaram a prova a serem desclassificados.
O vencedor da prova na geral foi Nuno Vicente, que assim venceu à geral e na categoria de master A, no segundo posto terminou Carlos Ramos que foi também o segundo em master A, Tiago Gabriel foi o primeiro em Elites, e completou o pódio da geral.
David Vaz terminou no sexto posto, mas com este lugar mantém ainda assim a liderança da Geral da taça.
Nas senhoras venceu Celina Carpinteiro, Mónica Magro e a galega Isabel Castro completaram o pódio por esta ordem.
Rui Lavarinhas foi o vencedor da categoria destinada aos master 40, embora José Rosa continue a liderar o troféu. Nos master C Adelino Cruz foi o vencedor na categoria e reforçou assim a sua liderança na geral. Na categoria de master femininas a vencedor foi Filipa Fernandes.
O BTT Loulé/BPI foi a equipa vencedora da classificação coletiva.
MM

quarta-feira, 29 de maio de 2013

BMC TeamMachine SLR01, Com Edição Limitada.

Olha só que bike mais brutal! Esta é a edição especial da bike Topo de gama da BMC em homenagem a Cadel Evans, atual campeão do Tour de France!

A bike é equipada com Shimano Dura-Ace Di2, rodas aero e um giador Easton e Selim Fizik, além de seu tradicional e belo design da BMC.


Só foram feitas 141 bikes iguais a esta. Este número era o que Cadel Evans ousou quando ganhou o Tour de 2011.
MM

Protesto no XCM de Vila do Conde.

TAÇA DE PORTUGAL XCM #4 – Vila do Conde
Quarta etapa da competição fica marcada por protestos…
Uma vez que não há qualquer reação por parte da UVP-FPC  publicamos esta pequena noticia, que apenas com base nos testemunhos lidos e ouvidos procura explicar o que sucedeu em Vila do Conde.
Realizava-se a quarta prova da Taça de Portugal de XCM, com organização de várias entidades vila condenses, a mesma e segundo participantes da prova estava mal marcada, e isso teria alterado de forma irremediável e muito prejudicial a verdade desportiva da prova, pelo que vários atletas (como vão poder ver no vídeo) entre os quais dois campeões nacionais, decidiram chegar à linha de meta e não a  cortar, como forma de protesto. Contudo e pelo que apuramos também através de vários depoimentos, a maratona não estaria propriamente mal marcada, ou pelo menos abaixo do normal.
Não sabemos ainda oficialmente o que acontecerá com os resultados.
Contudo e graças a amabilidade do sr José Mesquita, podemos ver um vídeo que este fez do sucedido, vídeo que ele cedeu de pronto ao NoticiasCiclismo.net e pelo qual agradecemos desde já!
Ficaremos a aguardar por mais reações…

MM

Campagnolo 80th Anniversary


Que bela prenda vem nesta caixa…



MM

Top 10 das lesões mais comuns no Ciclismo.

Mais um vídeo muito interessante de ver, este sobre as
 10 Lesões mais comuns no Ciclismo.
MM

Inauguração Ciclovia de Elvas.

Prova integrada nas comerações nacionais do dia de Portugal, e inauguração da nova Ciclovia de Elvas, dia 09 de junho.
Concentração junto à rotunda das Sochinhas pelas 18h00.
 Inscrições gratis e através dos 268 622 100 e Geral@cm-elvas.pt.
Depois da prova haverá porco no espeto para todos participantes.

MM

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Obras de arte feitas com correntes!

Obras de arte impressionantes feiras com correntes velhas, esta realmente IMPRESSIONANTE vale a pena dar uma olhada.






Ana M.

Designer transforma caixa de leite em banco multiuso para bikes.

Designer israelense Yael Livneh teve uma ideia para dar nova serventia a uma caixa usada de leite: transformá-lo num assento para dar boleia que também serve como cesta para bicicletas.
two01.jpg
 Basta abrir as abas laterais para criar a cesta e fechá-las para ter um banco.
A “Two go” é feita de forma simples, utilizando materiais comuns, como parafusos e dobradiças, e o processo de construção foi totalmente disponibilizada pelo designer para quem quiser tentar fazer uma em casa.
two02.jpg
“A ‘Two-Go’ foi projetada para pessoas que gostam de construir suas próprias coisas, para quem é adepto ao faça você mesmo. Ela necessita apenas de ferramentas básicas, peças de marcenaria comuns e outros materiais que podem ser encontrados em qualquer loja de varejo”, diz Livneh.
two03.jpg
Graças à criatividade e funcionalidade do projeto, a “Two go” foi selecionada como uma das finalistas do concurso Seoul Cycle Design 2010, promovido pela Designboom e pela Fundação de Design de Seul.
two04.jpg
“Hoje em dia, todos nós aceitamos o fato de que devemos ser mais ambientalmente amigáveis”, diz criador da peça. “Utilizar bikes para o transporte é uma parte disso”, completa.
MM

domingo, 26 de maio de 2013

De bicicleta para o paraíso.

 Paradise, dos Coldplay.
O hit do momento nas rádios. Além da música ser linda, o clipe com o elefantinho simpático e demais! E se pra chegar ao paraíso vale tudo, por que não ir também de bicicleta (aos 33”) e monociclo (1’47” em diante)?

MM

Bicicleta clássica com detalhes em madeira e cortiça


Hoje é sexta-feira, dia de babar um pouco nessa bicicleta em estilo clássico/vintage criada em uma parceria entre um estúdio de design de San Francisco, nos EUA, e o designer de bicicletas Nicholas Riddle.
De acordo com o site TreeHugger, a bicicleta foi feita usando um frame Columbus SL e teve como base a clássica bike Cinelli Supercorsa 1978.
O mais interessante dessa bicicleta é a atenção dada aos detalhes. Reparem nas fotos abaixo a moeda de 25 centavos de dólar e as rolhas super ‘old school’ fechando os tubos do bagageiro frontal. Além disso, placas decorativas em madeira e detalhes em cortiça no guidão dão um toque todo especial à bicicleta.
Infelizmente essa bicicleta foi feita sob medida pelo estúdio de design Shape Field e não será fabricada em série. Mas pelo menos dá para babar mais um pouco nesta galeria de fotos.

MM

Francês bate record do mundo ao conduzir uma bicicleta a 263km/h.

O francês François Gissy conseguiu um novo recorde mundial de velocidade 263 km/h numa bicicleta-foguete alimentada por peróxido de hidrogênio. A façanha foi obtida na pista de um antigo aeroporto militar.


MM

sexta-feira, 24 de maio de 2013

BIKES, a (r)evolução Urbana.

 Já se sabemos que o futuro da locomoção urbana passa pelas bicicletas e existe todo um frenesim em seu redor. Mas uma coisa é querer ser ‘verde’, poupar uns trocos, ter mais qualidade de vida e menos stress, outra é subir as sete colinas de uma cidade. Para estas, só existe uma solução: motores eléctricos que nos ‘empurrem’ nessas ruelas de ângulo mais complicado para tornar possível todo um querer ou desejar uma forma de vida alternativa aos automóveis.
e-bikes, a (r)evolução urbana
De acordo com o site The Coolist, eis uma dezena de propostas ou soluções eléctricas da mais ousada à mais radical, da mais familiar à mais dobrável.
Stealth-Electric-Bikes-1
A Stealth Electric Bikes Bomber adopta esta designação dos aviões, helicópteros e barcos que as tropas norte-americanas usam para passarem despercebidas aos radares inimigos. Tem um motor com 4500 Watt que lhe garante uma rapidez vertiginosa e é recarregável em apenas duas horas por tomadas tradicionais. Para além de uma dinâmica exemplar e assistência em tudo e mais alguma coisa, até a travagem lhe garante alguma regeneração da bateria o que dá para mais umas subidas.
ultimate-electric-propelled-utility-bicycle-faraday-porteur-bikes-2
 Um especial sobre esta magnífica Faraday Porteur que esconde pequenas baterias de lithium dentro dos tubos que incorporam o próprio quadro. Muito urbana, convida a passeios mais românticos, como aqueles que se vê nos filmes cujo protagonista sai de casa para ir comprar pão, mercearias ou apenas ao café para ler o jornal. A assistência eléctrica é automática nas subidas, quando há muito vento ou se percebe que o terreno é mais difícil.  
Hanebrink-Electric-Bike-1
A Hanebrink All Terrain eBike foi pensada para todo o terreno, exactamente o oposto de uma utilização urbana. A sua estrutura é reforçada, os pneus larguíssimos e suspensão a sério, factores que lhe permitem ser útil em gelo ou areia, montes e vales, enfim, campo, montanha e praia. O seu motor atinge uma boa velocidade que chega ao dobro se o ciclista pedalar ao mesmo tempo que acciona o impulso eléctrico. A recarga total dá-se em menos de três horas.
Mando-Chainless-Folding-Electric-Bike-1
A Mando Chainless Folding eBike é dobrável e, por isso só, perfeita para quase metade dos utilizadores urbanos e um verdadeiro hino à locomoção diária casa – trabalho – casa. Faz mais de 20 milhas só com o ‘sumo’ eléctrico que, logicamente, é prolongado com o ‘sumo’ dos músculos.  Mas não há milagres. O peso das baterias e motor não a tornam mais leve o que dificulta, e muito, subir escadas, por exemplo. É preciso ter músculos também… nos braços.     
PG-Bikes-Blacktrail-Electric-Bike-1
A PG Bikes Blacktrail eBike é tipo uma superbike como existem os supercars. O seu corpo é em fibra de carbono e o selim e capa da bateria, feita de pele resistente e cozida à mão. A bateria colocada ao centro consegue umas estonteantes 124 milhas e é a mais rápida e-bike de sempre, chegando às 62 mph. Só foram produzidas 667 unidades e cada uma custa 80 mil dólares. Quem quiser, tem de ser mais rápido que ela própria. 
copenhagen-wheel_mit_3
Também a Copenhagen Wheel eBike Kit by MIT não é uma bicicleta eléctrica, mas sim uma roda eléctrica que se monta… na roda de qualquer bicicleta e assim a transforma numa e-bike. A sua força vem, quase esclusivamente, da energia produzida pelas travagens, sendo uma solução muito mais barata do que qualquer outra. Vale a pena ver esta revolução da MIT.  
Bridgestone-Angelino-Petite-Electric-Bicycle-2
 A Bridgestone Angelino Petite eBike usa pedal-assist para conseguir tornar a vida dos pais de familia menos difícil, principalmente quando se tem um rancho de filhos. Este bike não engana… não foi pensada para cidades mais complicadas e antigas como Lisboa ou Porto e prefere as rectilíneas ruas parisienses ou londrinas, para citar exemplos.  
audi-e-tron-spyder-bike-1
Com um visual apenas estrondoso, esta Audi E-Tron Spyder eBike usa uma bateria de 2300 Watts que garante muitos kms sem grande esforço. O nome não engana e o seu design foi baseado nas motos do filme Tron. Fibra de carbono em todo o lado e pneus super especiais, mostram que a Audi também quer estar presente no segmento de mercado das e-bikes de luxo e topo de gama.       
BMW-i-Pedelec-Folding-Electric-Bike-3
Sendo mostrada no teaser do protótipo BMW I8 Spyder, a BMW i Pedelec Folding eBike é uma leve, compacta e dobrável e-bike perfeita para deslocações citadinas e com lugar cativo no porta bagagens do automóvel. É um conceito muito válido (a Honda fê-lo antigamente com uma mini moto Monkey, se não estou em erro) e a bateria desta Beemer chega às 20 milhas. Façam-na!  
ultra-motor-a2b-ebike-1
A Ultra Motor A2B eBike  é das mais conhecidas e-bikes que tem a bateria colocada atrás que dá potência ao motor por pedal-assist. É um sistema simples e menos oneroso que a concorrência, razão do seu sucesso. Custa cerca de 2500 dólares e é muito estável e confortável.
Ana M.

Evento no Japão Meteu Robôs a Andar de Bicicleta e Monociclo.

Empresas exibem as habilidades das suas máquinas em feiras de eletrônica.
Fabricantes de robôs mostraram no Japão, o que as suas máquinas sabem fazer. Durante a apresentação na feira de eletrônicos domésticos Ceatec 2008, em Chiba, a empresa Murata Manufacturing fez uma apresentação com a monociclista robótica Seiko-chan, que se equilibrou ao lado do ciclista Seisaku-kun – a companhia classifica os dois como “primos”. A monociclista mede 50 centímetros, pesa 5 quilos e mantém o equilíbrio graças a dois sensores acoplados ao seu corpo. 

Foto: AP

Seiko-chan equilibra-se ao lado do seu 'primo', o ciclista Seisaku-kun. 

Foto: AP 
O Monociclista mede 50 centímetros e pesa 5 quilos. Foto: AP
Mulher interage com o robô BR23C, que a seguiu durante a apresentação. 
A Máquina identifica objetos e consegue evitar colisões.
Só mesmo os niponicos...

Ana M

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Travão da TRP.

Travão de disco para bike de estrada que funciona com cabo e hidráulico ao mesmo tempo.

 Modelos de travões a disco estão a ser desenvolvidos para as bikes de estrada há algum tempo e coisas interessantes estão a aparecer. Este travão da TRP é um bom exemplo disso.

TRP_freios_01
Muitos quadros de bikes de estrada possuem cabos internos, ou seja, os cabos de travão e o desviador passam por conduítes instalados dentro dos quadros.
Nesse tipo de quadro, seria impossível instalar as mangueiras do sistema hidráulico dos travões a disco convencionais, uma vez que são muito largas.
Para resolver esse problema a TRP desenvolveu esse engenhoso sistema híbrido de travões, que utiliza a tradicional tecnologia de acionamento com cabos, junto com o sistema hidráulico, que fornece uma excelente resposta e e suavidade para os travões.
Como funciona
Vejam o cilindro na pinça
Vejam o cilindro na pinça
O cabo de aço convencional liga a manete até a pinça de travões.
Foi colocado um cilindro acionador do sistema hidráulico na pinça e este é acionado pelo cabo.
Pelo menos em teoria, deveria dar uma sensação muito parecida com a dos travões hidráulicos convencionais e resolveria o problema do cabeamento.
Este botão com um cadeado desenhado é um tensionador que força os travões a voltarem para a posição normal, enchendo o cilindro de óleo novamente.
 E também pode ser utilizado como um sistema de proteção para evitar que o travão seja apertado enquanto a roda não está colocada, o que acarreta em entrada de ar no sistema.
TRP_freios
Uma invenção bastante interessante que está a ser testada também em bikes de cyclo-cross.
O acabamento do travão, está um espetaculo!
MM

DryDrill world...


Porque a moda das bicicletas veio para ficar,  melhor ainda se foram originais e ultra-personalizáveis como estas das DryDrill, que são lindas, acessíveis ( €€€ ) e adivinhem que mais?
São nacionais, made in Portugal!!!

Para aqueles que dizem que só lá foram é que se fazem coisas engraçadas, aqui está a prova do contrário. Um projecto nacional saído das mãos do arquitecto, retail designer e marketeer Henrique Pinho, autor dos blogs The men´s things, Sou-Arquitecto e DryDrill,  que teve esta excelente ideia de construir uma marca de bicicletas que apelam à singularidade de cada um e à maneira como uma bicicleta o pode representar - BE YOUR BIKE, é o lema da marca!

Na loja online encontram-se disponíveis em 12 cores diferentes, que podem ser combinadas com os diferentes elementos, resultando na "tua" bicicleta, especial e única!

MM

Sapatos de encaixe - Lake.

A Lake especializou-se em sapatos para ciclismo, fundada em 1992 mostrou os próximos sapatos de encaixe para a próxima época, versáteis para BTT, estrada e cyclocross. A qualidade continua oferecer bons pormenores como por exemplo um placa de carbono que fica por baixo da palmilha, só os seus pés saberão que ela está lá, mantém a rigidez e uma transferência de potencia total da pedalada. A placa de carbono e perfurada para uma boa ventilação, a palmilha é flexível, macia, resistente a brasões e anti-microbiano, a parte da língua e do calcanhar é composto por material almofadado para um melhor conforto.
Sapatos de encaixe Lake 280x186 Sapatos de encaixe Lake

Recentemente a Lake foi adquirida pela Veltech que para relançar a marca e recuperar a sua quota de mercado conta com mais de 45 distribuidores em todo o mundo.