domingo, 12 de agosto de 2012

Pneus furados, provocados por ADEPTOS!!!

Quem viu a 14ª etapa do Tour  (Limoux – Foix 191km ver aqui) teve um belo exemplo do que é o cavalheirismo no desporto que por acaso ainda existe. 

As montanhas e principalmente as descidas eram perfeitas para um ataque de Vincenzo Nibali (Liquigas), o que ele não aproveitou.

 
Só que na última descida, a 38km do fim, ponto perfeito para o ataque, Wiggins e Evans sofreram muito com pneus furados, provocados pelos ADEPTOS, impressionante!!!

Aí entrou o tão evidente fair play dos ciclistas. Nibali esperou, Wiggins que esperou por Evans, e assim a classificação geral não sofreu alterações. 


Na verdade, foi uma etapa “café-com-leite”. “Percebemos que tinha algo de errado”, disse Wiggins. E tinha mesmo…

Percebemos imediatamente que algo de errado se estava a passar. Pode acontecer um ou dois furos, mas 15 corredores a pararem ao mesmo tempo não é normal. Não podemos fazer nada contra isso. Falei com o diretor da prova à chegada e ele mostrou-me um desses pregos. É muito triste…”, afirmou o camisola amarela sobre o sucedido.


Na própria mão de Evans!

“O facto de estarmos muito perto do público é um dos riscos do ciclismo, pois não é como num estádio. Vai ser muito difícil saber quem fez isto”, finalizou Wiggins.

Só Cadel Evans teve 3 pneus furados nos últimos 30km. O motivo está na foto... Foi o próprio australiano quem publicou a imagem. E eu fiz questão de colocá-la aqui, pois se eu apenas escrevesse, vocês não acreditariam…

Luis León Sanches (Rabobank) atacou os seus companheiros de fuga a 8km do fim e venceu em Foix
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.