domingo, 9 de outubro de 2011

Grandes malucos - Vale a pena ver.

http://72.55.157.121/mails.php?procurar=bicicletas&pagina=1&ordenar=id

MM

Pedido de desculpas

Venho por este meio pedir desculpas, pois a cada vez que metia uma mensagem, não reparei que o fuso horario estava num outro ( atlantico) mostrando assim um horario errado de quando eram metidas as mensagens. Agradeço assim ás pessoas atentas, que seguem este blogue, que me informaram do que se passava.
Aqui fica o meu OB.
Errar é humano.
MM

Anedota

O sujeito está indo de bicicleta até a praça da cidadezinha, quando encontra sua vizinha, uma morena gostosíssima, coberta apenas com um minúsculo vestidinho, andando na mesma direção.
- Oi, Maria, tudo bem? Para onde você vai? - pergunta o sujeito.
- Oi, João! Vou até a praça!
- Eu também! Quer uma carona? Pode sentar aqui no cano...
- Obrigada! - responde a moça e sobe na bicicleta.
Ao chegar na praça, ela desce e diz, lançando um olhar insinuante para o ciclista:
- Acho que você nem percebeu que eu estava sem calcinha, né?
- E eu acho que você nem percebeu que minha bicicleta não tem cano...

MM

Anedota

Certo dia, um convento recebeu um lote de bicicletas como doação e, a pedido das freiras, a madre superiora permitiu que elas pudessem ficar com as bicicletas por alguns dias, antes de vendê-las para arrecadar fundos para algum orfanato.
E foi a maior festa! As bicicletas não tinham sossego! Cada freira ficava pedalando umas quatro horas por dia.
Então a madre percebeu que elas estavam deixando os seus afazeres de lado e resolveu estabelecer uma ordem. Reuniu todas as freiras no átrio e disse:
- Ou vocês fazem os seus deveres ou eu vou mandar recolocar os selins nas bicicletas!


MM

sábado, 8 de outubro de 2011

Anedota

Dois GAÚCHOS pedalavam suas bicicletas pelo campo. Um deles pergunta:
- Mas bah, tchê! Onde conseguiu essa tua magnífica bicicleta?
O segundo respondeu:
- Guri! Estava eu a pé, caminhando ontem por aí, quando surgiu uma guria deliciosa com esta bicicleta. Ela atirou a bicicleta ao solo, despiu toda a roupa e disse-me, "Pegue o que quiser".
O outro:
- Mas bah, tchê! Escolheste bem. Provavelmente a roupa não te serviria!!!!

MM

Anedota

Dois amigos estavão descendo a cerra de bicicleta à passeio,os dois eram pretos, fim d tarde hora d ie embora
para subir a cerra d bicicleta e brabo, decidiram pedir a carona.
Um caminhão carregado de bola de boliche parou!
Pediram carona e o motorista deu, colocaram as bicicletas lá trás, e decidiram ir na carroceria do caminhão tb,
 chegando no posto policial o motorista teve que parar para a vistoria.
Ta o policial ergueu a lona e viu os dois
pretos lá e ficou quieto né, mando o caminhoneiro seguir viagem, assim que o caminhão saiu, o policial ligou
para o posto da frente e falou!! Sargento pare o próximo caminhão e prenda,
o Sgtº perguntou o pq! o policial
disse, o caminhão está carregado de ovo de preto dois já chocaram e roubaram duas bicicletas !!!!!

MM

Como surgiu a bicicleta?

Como surgiu a bicicleta?


Em 1790, o conde francês Sivrac construiu o que alguns historiadores consideram o mais antigo ancestral da bicicleta moderna. O celerífero, como se chamava, era apenas um pedaço de madeira ligando duas rodas. Impulsionava-se a engenhoca com os pés. Claro que havia alguns inconvenientes, como o facto de não se poder dirigi-la, já que a roda dianteira era fixa. Mais criativo foi outro aristocrata, o alemão Carl Friedrich Ludwig Christian, barão Drais von Sauerbronn (1785-1851). Inspetor florestal e inventor nas horas vagas, ele foi o primeiro a construir um biciclo dirigível, em 1816, que ficou conhecido como draisiana. Em 1839, o escocês Kirkpatrick Mac Millan (1810-78), um humilde ferreiro do interior, fez o que Drais havia tentado sem sucesso: criou pedais que, ligados por barras de ferro ao eixo da roda traseira, movimentaram o velocípede. Foram quatro anos de árduos experimentos. Mac Millan percorria com ele o caminho de 22 km entre seu povoado, Courthill, e a capital do condado, Dumfries.
 Sobre ela, você passa momentos cheios de adrenalina, conhece lugares cheios de beleza e ainda exercita o seu corpo. Nem sempre, porém, as pessoas puderam desfrutar desses prazeres como fazemos hoje. A bicicleta precisou de muitas décadas até se aprimorar e se transformar neste equipamento do qual tanto gostamos. Acompanhe abaixo a história da bicicleta!

Sobre ela, você passa momentos cheios de adrenalina, conhece lugares cheios de beleza e ainda exercita o seu corpo. Nem sempre, porém, as pessoas puderam desfrutar desses prazeres como fazemos hoje. A bicicleta precisou de muitas décadas até se aprimorar e se transformar neste equipamento do qual tanto gostamos. Acompanhe abaixo a história da bicicleta!
 A história da bicicleta, porém, tem início no ano de 1790, época em que o conde Sivrac, da França, idealizou o "Celerífero", veículo primitivo de duas rodas, ligadas por uma ponte de madeira, em forma de cavalo, e acionado por impulsos alternados dos pés sobre o chão.
O primeiro passo no processo de evolução da bicicleta ocorreu em 1816. Nesse ano, o barão alemão Karl Friederich von Drais adaptou uma direção ao Celerífero. Junto com o primeiro guidão, apareceu a "Draisiana", bicicleta que von Drais usou para percorrer o trajeto entre Beaun e Dijon, na França, à velocidade média de 15 km/h, o primeiro "recorde ciclístico". Os modelos de Drais se caracterizavam por uma série de acessórios.
Mas foi em 1820 que deu-se o grande passo da história ciclística: o escocês Kikpatrick McMillan adapta ao eixo traseiro duas bielas, ligadas por barras de ferro. Estas duas barras tinham a função de um pistão, eram acionadas pelos pés, o que provoca a avanço da roda traseira. O primeiro pedal, no entanto, surgiu em 1855, inventado pelo francês Ernest Michaux, que o instalou num veículo de duas rodas traseiras e uma dianteira; os pedais eram ligados à roda dianteira e o invento ficou conhecido como "Velocípede".
Com o crescimento do número de entusiastas, as autoridades, de Paris principalmente, por volta de 1862, são obrigadas a criar caminhos especiais para os velocípedes nos parques, para que se não se misturassem com charretes e carroças. Surgiram, assim, as primeiras ciclo vias, no mesmo ano em que é divulgada a primeira estatística: Ernest Michaux consegue fabricar 142 unidades em 12 meses.

Estas são as principais datas da história da bicicleta:
1790 - O conde francês Mede de Sivrac idealiza o celerífero, derivado das palavras latinas celer (rápido) e fero (transporte).
1816 - O barão alemão Karl Friedrick Christian Ludwing van Sauerbroun Drais, nascido em Baden, instala o guidão no "celerífero" e cria a "draisiana”.
1818 - A 5 de abril, o barão Drais apresenta seu invento no Parque de Luxemburgo, em Paris, e meses mais tarde faz o trajeto Beaum-Dijon na velocidade média de 15 km/h.
1820 Draisiana Infantil (primeira infantil do Mundo)
1840 - O escocês Kirkpatrick McMillan adapta duas bielas ao eixo da roda traseira, que serviam como pedias. No entanto, havia desconforto na pedalada e dificuldade de equilíbrio.
1855 - O francês Ernest Michaux e seu filho, de apenas 14 anos de idade, adaptam pedais à roda dianteira do velocípede, veículo que tinha como grande problema o elevado peso de 45 quilos.
1868 1ª Prova masculina com biciclos, vencida pelo inglês James Moore, Parque Saint' Cloud Paris. 1ª Prova Feminina, ocorrida no parque Bordelais, em Paris, no dia 1º de novembro.
1875 - Nasce a primeira fábrica de bicicletas do mundo, a Companhia Michaux, com 200 operários, que fabricavam cerca de 140 bicicletas por ano. Cada uma era vendida, na época por um exorbitante: 450 francos.
1877 - Rouseau apresenta um dispositivo que por meio de duas correntes multiplicava o giro da roda dianteira.
1880 - Vicent, parisiense, controi a primeira bicicleta com transmissão aplicada ao cubo da roda traseira.
1884 - Ano cheio de acontecimentos. Na Inglaterra, Thomas Humbert inventa o quadro de quatro tubos, utilizando caixas de centro com esferas. Na Itália, o plano esportivo vai se desenvolvendo. Veloce Club de Firenze organiza a primeira corrida de bicicletas, no dia 2 de fevereiro, num circuito de 33 quilômetros. Um jovem de apenas 16 anos, van Heste Rynner, é o vencedor.
1885 - Giusepe Pasta vence a I Volta dos Bastiones, realizada em Milão, cobrindo os 11 quilómetros em 37 minutos. Nessa época, os intelectuais comentavam ser a bicicleta "mais sedutora que uma mulher".
1887 - Invenção do pneu, James Boyd Dunlop, Irlanda.
1891 - O francês Michelin lança o pneu desmontável.
1895 - No dia 9 de outubro toda a cidade de Milão aplaude a chegada de Raffaelle Gatti, que retorna do "Tour do Círculo Polar Ártico".
A partir daí, sucessivas modificações técnicas foram introduzidas na bicicleta, tais como câmbio, roda livre e tubular.
A roda livre foi criada para oferecer maior conforto ao ciclista em ação, permitindo interromper a pedalada especialmente em descidas, em trajetos com vento a favor e em alguns momentos de calma na corrida.
O tubular é constituído por um invólucro de borracha e tela de Nylon ou seda, em forma de tripa, com uma câmara de ar em seu interior e uma válvula. Esse conjunto é costurado na parte interna e protegido por uma faixa de Tecido de Algodão.
O câmbio velocidade, permite o aproveitamento de várias engrenagens e com isso imprimir maiores velocidades. É a última que aperfeiçoou tecnicamente a bicicleta e o factor mais importante desse progresso técnico.
Dessa forma, até os nossos dias, a bicicleta vem sendo aperfeiçoada, em relação aos materiais empregados, aos vários tipos relacionados com as modalidades, etc.
Unidos pela bike - Nasceu assim, o que imediatamente foi chamado: Ciclismo: "A máquina, que unida à maravilhosa natureza do homem ganha tempo e espaço".

Foi a Inglaterra, o primeiro país que promoveu uma regulamentação ciclística, criando o "Bicicle Union". Na Itália, a legislação sobre o ciclismo surgiu 5 anos mais tarde, com a criação da União Velocipedista Italiana.
Em 1892 na Europa foi constituída a Internacional Cyclist Association e teve sua sede em Londres, agrupando as Federações Nacionais, dos Estados Unidos, Bélgica, França, Canadá, Alemanha, Holanda, Inglaterra e Itália. Um dos primeiros atos da ICA, foi a criação dos primeiros campeonatos do Mundo, substituindo as provas até então promovidas por entidades particulares.
Porém, somente em 1886, graças a alguns ingleses, foram organizados os primeiros campeonatos mundiais, com boa consistência e organização mais séria, na cidade de Leicester. Em 1893 devido a uma polêmica com os órgãos italianos, se fez nascer a atual UCI, União Ciclística Internacional.

MM

1ª Travessia BTT Associação da Juventude Vidense - 12/13 Novembro

1ª Travessia BTT Associação da Juventude Vidense - 12/13 Novembro


A Travessia terá a distância aproximada de 100 km no total repartidos por 2 dias e o itinerário será Cabeço de Vide - Carreiras - Cabeço de Vide, passando pela Estação de Caminhos de Ferro de Portalegre, pela Igreja Senhor Jesus dos Aflitos e Freguesia dos Fortios.

A inscrição terá um preço por pessoa de 25 Raios para sócios e 30 Raios não sócios, com direito a:
-Transporte das bagagens dos participantes nos dois dias entre as duas localidades.
-Abastecimentos sólidos e líquidos durante a prova (2 por cada dia)
-Jantar convívio no dia 12 na freguesia das Carreiras.
-Pequeno - Almoço no dia 13 nas Carreiras
-Almoço no dia 13 à chegada a Cabeço de Vide
-Banhos nos 2 dias
-Lavagem da Bicicleta
-Dormidas
-Dorsal
-Brinde


Inscrições e mais informação em: http://www.ajvidense.com.sapo.pt/

MM