segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Le Petit Journal

Charles Terront, nem mais. 
Este senhor, aqui muito bem retratado, foi o vencedor da primeira edição (1891) daquela que viria a ser uma prova mítica do ciclismo.. a Paris-Brest-Paris! 
Hoje, e já sem competição, ainda se realiza, feito que a torna a prova mais antiga de longa distância (1200km).
Quem me conhece sabe bem que não ligo muito a desporto e competição, mas estas provas têm o dom de me fazer revirar o cavalheiresco bigode que há em mim!
Pierre Giffard of Le Petit Journal created the Paris-Brest et retour cycle race in September 1891, describing it as an "épreuve", a test of the bicycle's reliability and the rider's endurance. Riders were fully self-sufficient, carrying their own food and clothing and riding the same bicycle for the duration. The response was so phenomenal that they had to charge 5 francs entrance as 300 riders signed up. Each bicycle was given an 'official seal' at a 2 day ceremony, the 280 sealed machines included 10 tricycles, 2 Tandem bicycles, and 1 Penny-farthing
Portanto, os ciclistas participavam em regime de autonomia total carregando a própria comida, roupa e não tinham hipótese de mudar de bicicleta durante o percurso (a deste senhor era leve.. pesava 'apenas' 21.5Kg 8-) ).
Estão a ver porque motivo eu gosto destas coisas mas não dou especial atenção aos "tours" competitivos de hoje?
Qual a piada de ver escândalos de dopping e equipas a esconder motores eléctricos não se sabe bem onde?
Como esta, há toda uma série de provas clássicas na Europa: cá em terras lusitanas tivemos a Porto-Lisboa, mas acabou em 2004 quando já se desenrolava em moldes diferentes dos originais...

A.R.Mouquinho
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.